Segunda-feira, 8 de Novembro de 2004

A terceira pessoa

Samurai.jpg


Culpados de todos os infortúnios da vida, das guerras, destruições, massacres e carnificinas. Culpados dos não aumentos salariais, da miséria que se vê pelas ruas, dos pedintes e sem abrigo.
Culpados dos acidentes de viação, do trânsito que há nas ruas, das injustiças e dos abusos.
Culpados da ganância e da avareza.
Culpados até do mau estar geral, seja ele porque motivo for.
Culpados de tudo e de todos.

São eles! A terceira pessoa! Os Senhores da guerra! Eles, os culpados!

Os mortais têm por hábito apontar o dedo à terceira pessoa. Aquele ser causador de todos os infortúnios, sejam eles pessoais ou globais.
Eu, tu e eles! Sim, eles! Os causadores da desgraça!
O “bode expiatório”, o agente do mal. Eles!

Mas quando é que vão compreender que o terceiro, são eles próprios?
O eu, rapidamente, num abrir e fechar de olhos, se torna num deles!
Todos são “terceira pessoa” para alguém.

Estranhos estes mortais.


si vis pacem, para bellum
(se queres a paz, prepara a guerra)


Fiquem bem,
publicado por Zeus às 12:33
link do post | comentar | favorito
|
11 comentários:
De Anónimo a 13 de Janeiro de 2005 às 11:20
Há gente estupida!!!
Tu dizes a todos que eles são culpados de toda a desgraça do mundo e elas mandam-te beijos.
Assim quem não gosta ser acusado?
Com castigos desses!!!Raquel
</a>
(mailto:raquelc.soares@sapo.pt)


De Anónimo a 13 de Janeiro de 2005 às 11:17
Nunca sou terceira... Aliás, tenho seguro contra terceiros, deve valer para alguma coisa. Ou é só pagar à merda da seguradora que felizmente nunca fez nada por mim? E estou eu a dar de ganhar a alguém que não faz nada. Mundo corrupto este. Para Zeus é fácil falar, vê tudo de lá de cima. Agora, nós pobres mortais é que nos lixamos que até por não fazer nada somos severamente castigados, pelos gajos dos terceiros. Quem sem eles???? De certeza que são funcionários publicos, nunca fazem nada bem... Eles, sim são os terceiros, mamam tudo e não fazem nada (salvé rara excepção)Raquel
</a>
(mailto:raquelc.soares@sapo.pt)


De Anónimo a 10 de Novembro de 2004 às 10:24
A incapacidade de se colocar no lugar do outro é frequente nos dias que correm. Quantas vezes apontamos nos outros os nossos defeitos...Montellano
</a>
(mailto:)


De Anónimo a 9 de Novembro de 2004 às 19:56
Pois que estranhos nós somos...BjoMWoman
(http://devaneio.blogs.sapo.pt/)
(mailto:MWoman@sapo.pt)


De Anónimo a 9 de Novembro de 2004 às 12:36
Mesmo muito estranhos...Carlos Tavares
(http://o-microbio.blogspot.com)
(mailto:carlos.roquegest@mail.telepac.pt)


De Anónimo a 9 de Novembro de 2004 às 10:25
E não é que é mesmo?inconfidente
(http://inconfidencias.blogs.sapo.pt)
(mailto:inconfidencias@sapo.pt)


De Anónimo a 8 de Novembro de 2004 às 20:11
gostamos mais sempre do caminho mais facil... beijossofia
(http://culturajovem.blogs.sapo.pt)
(mailto:omeublog1@hotmail.com)


De Anónimo a 8 de Novembro de 2004 às 17:37
De facto... eles, não! Nós, todos. Bjslique
(http://mulher50a60.weblog.com.pt)
(mailto:lique2@sapo.pt)


De Anónimo a 8 de Novembro de 2004 às 17:17
Obrigada por já me teres linkado. Beijo aereo :-*Nuvem
(http://diariodumassistente.blogspot.com)
(mailto:ola1970@sapo.pt)


De Anónimo a 8 de Novembro de 2004 às 17:16
Culpamos confortavelmente os outros mas às vezes bastava apenas trocar de posiçoes para o caso mudar de figura.trintapermenente
</a>
(mailto:ola1970@sapo.pt)


Comentar post