Sexta-feira, 1 de Outubro de 2004

O círculo perfeito e a puta da rotina

circulo_1.jpg

Círculo; a forma geométrica perfeita, símbolo da eternidade, sem começo nem fim.

A puta da rotina corrói e corrompe o equilíbrio emocional dos mortais.
Ela (a puta da rotina) surge quando determinada tarefa, modo de vida ou pensamento é repetido ciclicamente até se acomodar no consciente de cada um.
Normalmente, quando o mortal se apercebe desta situação, é tarde demais. A rotina já se encontra encrostada, como uma lapa agarrada à sua rocha. A alma e o espirito encontram-se então, assolados por pensamentos rotineiros.
E as consequências são terríveis. Na tentativa desesperada de quebra deste círculo muitos mortais tomam atitudes irreflectidas. Casais separam-se, mudanças bruscas de atitude, depressões, frustrações, insatisfações, desânimo laboral, mal estar geral, e por vezes, tragicamente, o suicídio.
É muito complicado distinguir se o círculo (a doença) já faz parte da vida dos mortais. Mesmo quando se fazem ou sentem coisas diferentes no dia a dia. Muitas vezes o que não é comum, banal, corriqueiro passa a ser rotineiro, depois de realizado muitas vezes (a ver: artigo de 07 Maio 2004 “Desilusão”). É de facto uma armadilha, este circulo perfeito.



ex informata conscientia
(Com a consciência informada)



Um óptimo fim de semana para todo vós, aproveitem para fazer algo fora do círculo!

publicado por Zeus às 09:40
link do post | comentar | favorito
|
19 comentários:
De Anónimo a 5 de Outubro de 2004 às 14:12
Não há como escapar a um ou outro círculo.

Se quebrássemos constantemente a rotina, a própria quebra tornar-se-ia rotina.

Daí eu achar muito apropriada a imagem do símbolo do equilíbrio que colocaste no início do texto.

Afinal de contas, o que será da vida sem a pequena dose de maldade que temos dentro de nós?

O que será da liberdade se não houver uma dose de rotina?...

Beijinhos lunares!Lua
</a>
(mailto:lua_lua_r@hotmail.com)


De Anónimo a 4 de Outubro de 2004 às 17:16
Fantástica a forma como abordas esta questão que é de facto um dos grandes problemas dos nossos dias.
A ROTINA, todos a temos,e todos lutámos para sair dela,mas finalmente quando conseguimos,reparámos que entrámos noutra rotina.É de facto um ciclo vicioso...Art Of Love
(http://bizaazul.blogspot.com)
(mailto:bizaazul@iol.pt)


De Anónimo a 4 de Outubro de 2004 às 15:58
Bom, ja nao é fim de semana ..e venho agradecer as visitas ao meu blog :)
Abraços Meus e inicio de Boa semana para tiRita
(http://www.fragilidadesnovazio.blogspot.com)
(mailto:fragilidadesnovazio@hotmail.com)


De Anónimo a 4 de Outubro de 2004 às 14:47
Obrigado pela tua visita e comentário. Não poderia deixar de retribuir. Gostei muito do blog, continua assim. Voltarei mais vezes. BjsKris
(http://kristyynablog.blogs.sapo.pt/)
(mailto:kristyyna@sapo.pt)


De Anónimo a 4 de Outubro de 2004 às 11:07
também acho, a rotina apoderasse das nossas vidas, e quando reparamos passamos o melhor da nossa vida numa rotina estupida e sem sentido...quebrar o circulo...=0)

obrigada por teres ido comentar o meu blog...=0)
bjalma_de_fenix
(http://sonhodamorte.blogs.sapo.pt/)
(mailto:alma_de_fenix@sapo.pt)


De Anónimo a 3 de Outubro de 2004 às 09:14

O círculo é a forma geométrica perfeita. Muitas rotinas também o são. Mas é também uma forma fechada que encarcera, contém, limita. Por isso a expressão "pular a cerca " faz todo o sentido. Ir trabalhar para uma cidade nova, por exemplo, é o exemplo melhor que me ocorre para uma quebra de rotina. Ou simplesmente fazer um passeio diferente neste delicioso Domingo que começa. Ou nada. Sentir a rotina como algo aconchegante que permite a verdadeira liberdade. Em todo o caso, volto ao prazer de te ler, logo retomo a minha rotina. Beijinho.

deSaraComAmor
(http://oblogdalibelua2.blogs.sapo.pt/)
(mailto:deSaraComAmor@sapo.pt)


De Anónimo a 2 de Outubro de 2004 às 17:20
Infelizmente este círculo instalou-se em nós! mas... olhando bem há a possiblidade de o sectorizar arranjando uma secante poderosa que quebre este circulo fechado. Essa secante só poderá existir se por ela lutarmos, arranjaando novos interesses que nos aliviem a Alma!M.P.
(http://sabem.blogspot.com)
(mailto:mnpta@netcabo.pt)


De Anónimo a 2 de Outubro de 2004 às 13:00
Gostei da analogia. O círculo, a forma geométrica perfeita e a puta da rotina.
Está muito engraçada a tua página, ao contrário de muito lixo e pornografia que se vê nestes ditos blogs. Parabéns e continua a entreter o pessoal!
Zé Ninguém
</a>
(mailto:)


De Anónimo a 1 de Outubro de 2004 às 23:33
eu nao sou contra a rotina, mas sou contra a monotonia! sao coisas diferentes. beijossofia
(http://www.culturajovem.blogs.sapo.pt)
(mailto:omeublog1@sapo.pt)


De Anónimo a 1 de Outubro de 2004 às 18:15
oi!
a rotina pode fazer com k nos cansemos.
jinhos e bom fim de semanaMiss Devil
(http://missdevil.blogs.sapo.pt)
(mailto:Miss-Devil@sapo.pt)


Comentar post