Terça-feira, 31 de Outubro de 2006

Emoções

Largamente estudadas comprovadas e analisadas, as emoções coabitam o ser do mortal ao longo da sua existência.
Cientificamente explicam-se como o resultado de certos estados experienciados perante determinadas situações. É sobejamente conhecido que todas as emoções vêm acompanhadas por reacções fisiológicas. Quando sentimos medo ou raiva, a carga de adrenalina aumenta e faz com que nosso coração dispare e o corpo entre em estado de alerta. Quando estamos felizes, o nosso corpo produz mais endorfinas, que resultam em sensação de bem-estar, etc.
 
Mas, meus adorados mortais, as emoções são muito mais que isto.
São as cores que nos iluminam a vida. Sim, meus caros mortais. As emoções são cores! O alimento da alma, o prazer supremo de ouvir com os sentidos, o momento mágico do pulsar das cores, o fogo que consome o espirito e nos corrói a alma. São palavras coloridas anuladas por lábios sedentos, musicas, olhares, cheiros, silêncios.. São tudo isto, não são nada.
 

Afinal...São as emoções que dão vida.
 
Scintilla contempta excitavit magnum incendium
(Pequena centelha ateou um grande incêndio)

Fiquem bem,

tags:
publicado por Zeus às 10:28
link do post | comentar | ver comentários (24) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


.posts recentes

. Emoções

. Melhor Mãe do Mundo

. Cavatina

. Espelho

. Devotos

. Mas...

. Renascer

. Regras do Jogo

. Os nossos pensamentos

. Caminhos

.arquivos

. Outubro 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds