Quarta-feira, 22 de Setembro de 2004

O outro lado

porta.jpg


O outro lado coexiste juntamente com a consciência dos mortais.
Manifesta-se, por vezes das formas mais bizarras e estranhas, quando menos se espera. Ele (o outro lado), espera pacientemente nos recantos da existência humana, fechado numa porta sem fechadura, pronta a abrir. Solta-se das profundezas do ser e revela-se de rompante.
Quando por exemplo dois amantes se juntam, ele (o outro lado) está lá. Ou quando aparentamos ou demonstramos ser uma coisa, mas no fundo, até que sabemos que nem é bem assim. Ou quando se dizem as tais ”frases feitas”, que ficam bem, mas realmente não passam de palavras. Ou quando se cobiça a vizinha(o), ou a “gaija” / “gaijo” do lado em segredo. Ou quando em nome de causas nobres se assumem posições, cargos de prestigio e de poder.
E não vale a pena discursos morais sobre bons costumes e tradições, consciências limpas e claras, etc. e tal. Está na natureza dos mortais, na génese humana, a mentira a si mesmo e aos outros.

O outro lado é a defesa mais primária e básica que os mortais humanos descobriram para não se revelarem.
Pessoas puras, simplesmente não existem.



cave canem
(Cuidado com o cão)


Fiquem bem
publicado por Zeus às 10:17
link do post | comentar | favorito
|
27 comentários:
De Anónimo a 23 de Setembro de 2004 às 10:38
Alguém falou nas crianças - que desde cedo cobiçam os brinquedos das outras. Isso é não ser puro?!?!?! Chateia-me quando o "outro lado" de certas pessoas vem ao de cima e elas o negam, tentando passar essa ideia de pureza. Isso irrita-me mesmo!!!Montellano
</a>
(mailto:s_montellano@hotmail.com)


De Anónimo a 23 de Setembro de 2004 às 02:53
Não se o homem nasce mau se é a sociedade que o coloca assim.maia
(http://abelhamaia.blogs.sapo.pt)
(mailto:maia@sapo.pt)


De Anónimo a 23 de Setembro de 2004 às 00:51
Não sei se conseguimos manter durante muito tempo o "outro" lado escondido, e parecermos aquilo que não somos. Eu sinceramente não consigo...o que não significa que não haja detalhes só nossos, mas a esses eu inclu-os na palavra "intimidade".
Gostei do tema, aliás como dos outros.
Continuação de uma boa semana.
Um beijo. Estrela do mar
(http://www.clavedelua.blogspot.com)
(mailto:clavedelua@netvisao.pt)


De Anónimo a 22 de Setembro de 2004 às 21:55
Caro Zeus...

Primeiro, obrigada pelo comentário no muro das lamentadeiras; Segundo, achei extremamente interessante O outro lado. É uma realidade que sempre temos, mas que não nos é permitir comentar, seja por prestígio, seja pela opinião alheia, ou até se simplesmente ocultarmos totalmente, pois há pessoas que tem este caráter, e o outro lado delas é bom, basta-lhes somente que entenda. Mas, concordo com Montellano, quando só podemos viver em sociedade (na verdade, sobreviver) porque é só nosso o outro lado, parafraseando inconfidente.

Abraços.Ju
(http://www.latigra.blogs.sapo.pt)
(mailto:la.tigra@bol.com.br)


De Anónimo a 22 de Setembro de 2004 às 21:04
Todos temos um outro lado...k nao keremos mostrar ou por vezes fica escondido so por si!!!
Sera bom ou mau???....ou apenas Humano!!!
AbraçosRita
(http://www.fragilidadesnovazio.blogspot.com)
(mailto:funky2_3@hotmail.com)


De Anónimo a 22 de Setembro de 2004 às 20:52
Sim, nós somos muitos. Mas isso não é sinal de fingimento, é a nossa verdade, o nosso potencial para lidar com as diversas tarefas da existência. Se aceitarmos as nossas contradições e as dos outros não precisamos de catalogar as pessoas de boas ou más. Não nos preocuparemos em ser puros. Somos Homens, mortais, dizes tu. Imortais, espero eu. Obrigada pela tua visita. E parabéns pelo teu magnífico blog. Bjs.Paula
(http://eraumavez1.blogs.sapo.pt/)
(mailto:paula.mora@sapo.pt)


De Anónimo a 22 de Setembro de 2004 às 19:04
A única coisa pura que existe, são os Puros Cubanos e mesmo esses não são de fiar...Mak
(http://http//chumboquente.blogspot.com)
(mailto:mak_ukula@mail.pt)


De Anónimo a 22 de Setembro de 2004 às 19:02
pessoas puras não existem, nem nunca irão existir. Pessoas quase sinceras... talvez! Eu tento ser, mas é difícil! abraço.djbarrioz
(http://delgadinho.blogs.sapo.pt)
(mailto:djbarrioz@sapo.pt)


De Anónimo a 22 de Setembro de 2004 às 15:50
Obrigado pela visita! Pureza?? Onde? Onde? Jocaspanpanisca
(http://panpanisca.no.sapo.pt)
(mailto:panpanisca@sapo.pt)


De Anónimo a 22 de Setembro de 2004 às 15:49
Raramente, e por principio, comento ou respondo aos comentários dos meus caros amigos. No entanto, não posso deixar de intervir neste caso, pois fiquei sensibilizado pela pureza.
««Betty»» Mostraste o “outro lado”, aquele que é sadio e puro. Mil palavras não poderiam descrever melhor o sentimento nobre que acabaste de mostrar em poucas linhas.
Parabéns ao pai, pela filha!
Zeus
(http://blogdezeus.blogs.sapo.pt/)
(mailto:z_olimpo@sapo.pt)


Comentar post