Terça-feira, 7 de Setembro de 2004

Encruzilhadas

encruzilhada.jpg


Ao longo da sua existência terrena, os mortais deparam-se várias vezes com determinados caminhos a seguir. Tomadas de posição, rumos e objectivos a definir. Alternativas que devem por vezes obrigar a uma paragem e reflexão.
Essas decisões, que por vezes parecem pequenas e sem importância, podem originar
grandes modificações na vida dos mesmos (os mortais).
São esses cruzamentos e encruzilhadas que muitas vezes determinam e proporcionam o bem essencial. Aquele termo aparentemente indefinível – felicidade.
No fundo, todos os mortais a procuram (a felicidade :em grego eudaimonia), outros já a possuem mas ainda não a descobriram simplesmente ou porque estão demasiado obstinados ou porque não a reconheceram.
Para muitos ter dinheiro, fama, “gaijas”/”gaijos” bons carros e boas casas é o êxtase da felicidade. No entanto, para outros, ela (a felicidade) obtém-se com coisas simples e banais da vida (A ver artigo de: 4 Junho 2004).


E ela aparece muitas das vezes de rompante, sem aviso e em situações menos esperadas.
Celebremos a felicidade que há em nós.






beati possidentes fortunatos
(Felizes os que estão de posse da Felicidade)


Fiquem bem
publicado por Zeus às 17:31
link do post | comentar | favorito
|
12 comentários:
De Anónimo a 27 de Setembro de 2004 às 17:30
"A felicidade devia ser o nosso objectivo pessoal. Devia ser prioritário em relação a todos os outros objectivos da nossa vida. Não nos podemos esquecer é que a felicidade é um sentimento que vem de dentro de cada um de nós, não está dependente de factores externos."
Imaginem um homem que utilizava uma fogueira para aquecer as mãos e cozinhar os alimentos. De que modo a felicidade está representada neste desenho?Anpa Wi
(http://Anpa Wi)
(mailto:reginapereira@clix.pt)


De Anónimo a 10 de Setembro de 2004 às 17:48
Acho que definiste os felizes e os infelizes :)
Os que olham mais para as coisas simples são os que mais frequentemente se dizem felizes. Os outros tantas vezes obtém os carros, as casas, etc, etc, e continuam vazios (ou não, pois podem valorizar também um dia bonito, uma chuvada que obriga a correr para um abrigo enquanto sorrimos, uma visita inesperada, uma troca de olhares que num segundo nos oferece tanto do que procuramos longe, onde não acontece...)FataMorgana
(http://fatamorgana.romanesca.com/blogger.html)
(mailto:backinavalon@yahoo.com)


De Anónimo a 9 de Setembro de 2004 às 16:57
As banlidades da vida é que marcam o carácter do ser humano, logo essas é que são importantes...polittikus
(http://polittikus.blogspot.com)
(mailto:pp@sapo.pt)


De Anónimo a 9 de Setembro de 2004 às 12:20
Não é preciso ser muito exigente para se ser feliz. Ao ter-se a mente e corpo em harmonia, amar e ser amado...tudo o resto é acréscimo. Para mim felicidade é isso mesmo.
Gostei de ler o que escreveste.
Bjos.Estrela do mar
(http://www.clavedelua.blogspot.com)
(mailto:clavedelua@netvisao.pt)


De Anónimo a 9 de Setembro de 2004 às 11:50
Querido ZEUS, procuro sempre a eudaimonia, de forma a ela estar sempre presentena minha vida, por isso fiz certas opções e tomei certas decisões, sempre na busca da mesma!! Por isso sou feliz, por ser quem sou!! Uma Borboleta esvoaçante!! Voos docesBorboleta
(http://devaneiosconstantes.blogs.sapo.pt)
(mailto:devaneiosconstantes@sapo.pt)


De Anónimo a 9 de Setembro de 2004 às 00:27
Mas isto é texto que se apresente ?
Logo hoje (podia ter sido ontem, ou há uma semana que o efeito era o mesmo...), com as encruzilhadas com que eu me deparo ? :-)
Beijo para o Olimpoinconformada
(http://escrevoapenas.blogspot.com)
(mailto:inconformada@sapo.pt)


De Anónimo a 9 de Setembro de 2004 às 00:13
Olá. Mudámos de endereço e de niques. Sou atuaLolita. Um beijo
estou aqui
http://levementerotico.blogspot.com/LolaViola
(http://levementerotico.blogspot.com/)
(mailto:viioleta_2002@mail.pt)


De Anónimo a 8 de Setembro de 2004 às 12:12
É muito dificil aprender a ser feliz, mas para os que conseguem é optimotrintapermanente
(http://equilibrioinstavel.blogspot.com)
(mailto:ola1970@sapo.pt)


De Anónimo a 8 de Setembro de 2004 às 08:57
É assim! Nós, os mortais, somos uns insatisfeitos...

Bom dia, Zeus. Robina
(http://bosquedarobina.blogspot.com/)
(mailto:hotlulu@iol.pt)


De Anónimo a 7 de Setembro de 2004 às 20:02
Encruzilhadas??? Há muitas! Umas que conduzem a bom porto outros nem por isso... Mas senão existissem como poderíamos arrepiar caminho e mudar de rumo??? M.P.
(http://sabem.blogspot.com)
(mailto:mnpta@netcabo.pt)


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


.posts recentes

. Emoções

. Melhor Mãe do Mundo

. Cavatina

. Espelho

. Devotos

. Mas...

. Renascer

. Regras do Jogo

. Os nossos pensamentos

. Caminhos

.arquivos

. Outubro 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds