Quarta-feira, 7 de Julho de 2004

Velhos tempos

festa.jpg

A expressão “velhos tempos” é amplamente usada pelos mortais quando se querem referir a algo de bom e interessante que lhes aconteceu na vida.
Vejamos, os meus velhos tempos, lá no Olimpo.
Velhos tempos eram aqueles em que as preocupações não eram minhas mas dos outros (entenda-se os pais).
Velhos tempos eram aqueles em que acordar cedo e deitar cedo fazia meramente, parte dos meus projectos de vida.
Velhos tempos eram passados na faculdade, em companhia dos colegas, e amigos.
Velhos tempos eram as “buba party” organizadas pelo pessoal.
Velhos tempos eram aqueles em que comecei a sair do país (Olimpo) e a visitar outros mundos.
Velhos tempos eram aqueles em que enchia o carro (do pai) de pessoal e vínhamos contentes e felizes da praia para a faculdade com 7 ou 8 “manganos” lá dentro.
Velhos tempos eram aqueles passados a estudar durante a noite na companhia dos amigos e as respectivas saídas, para descansar a mente, normalmente na discoteca aqui em Lisboa ou num bar, perto da faculdade.
Velhos tempos eram quando se pegava no carro do pai e se combinava um cafézinho no Algarve (ida e volta na mesma noite).
Velhos tempos eram aqueles em que a prioridade na vida eram deusas, ninfas, “gaijas”, borga e estudo.

Não me queixo minimamente dos meus tempos presentemente. Estes (tempos) também serão “velhos tempos” no futuro.


fugit irreparabile tempus
(Foge o tempo irreparável)

O Som hoje é dos “Queen”, “We will Rock you”.

Fiquem bem
publicado por Zeus às 15:55
link do post | comentar | favorito
|
14 comentários:
De Anónimo a 8 de Julho de 2004 às 10:26
"Velhos tempos" eram aqueles em que nunca chegavamos à hora estipulada pelos pais; Quando baldavamos-nos à Universidade e ficavamos no bar em amena cavaqueira; Quando iamos estudar para a praia antes de um exame!! Que nostalgia me criam estes velhos tempos, mas estou como tu, adoro o presente!! Voos docesBorboleta
(http://devaneiosconstantes.blogs.sapo.pt)
(mailto:devaneiosconstantes@sapo.pt)


De Anónimo a 8 de Julho de 2004 às 09:07
Boa escolha musical. BeijoMarta
(http://minhaalma.blogspot.com/)
(mailto:msmo44@hotmail.com)


De Anónimo a 8 de Julho de 2004 às 00:17
Confesso que não gosto da expressão! Mas, que a usamos, lá isso usamos!Bem lembrado!BeijosMWoman
(http://devaneio.blogs.sapo.pt/)
(mailto:siilvam@hotmail.com)


De Anónimo a 7 de Julho de 2004 às 23:32
Alguns velhos tempos trazem recordações agradáveis, não saudade. Outros nem tanto. Gosto dos velhos, de alguns de agora e, espero, de muitos do futuro :)) ognid
(http://catedral.weblog.com.pt)
(mailto:ognid@sapo.pt)


De Anónimo a 7 de Julho de 2004 às 22:28
Não gosto de falar de velhos tempos, prefiro olhar para o futuro. Os velhos tempos dão saudade...analfabeto
(http://analfabetosexual.blogs.sapo.pt)
(mailto:pp@sapo.pt)


De Anónimo a 7 de Julho de 2004 às 20:54
{ ... velhos tempos ... eu prefiro chamar-lhes ... tempos velhos (mas bons) ... }{ abraços() }o5elemento
(http://o5elemento.blogs.sapo.pt)
(mailto:o5elemento@sapo.pt)


De Anónimo a 7 de Julho de 2004 às 20:01
Velhos tempos ? Só mesmo para recordar, contar histórias e rir do que se fez. Não choro por eles. Para mim os melhores tempos ainda estão para vir ! :-)inconformada
(http://palavrasapenas.blogs.sapo.pt)
(mailto:inconformda@sapo.pt)


De Anónimo a 7 de Julho de 2004 às 18:32
Zeus, nós que permitimos que os "velhos tempos" acabem? Será que viver é assim? Por que permitimos fecharmo-nos em conchas de problemas e obrigações enquanto o mar continua seu movimento colorido? Visite-me.Thetis
(http://thetisdomar.blogs.sapo.pt)
(mailto:thetis.cris@sapo.pt)


De Anónimo a 7 de Julho de 2004 às 18:24
Poderoso Zeus! Por quem sois, como foi possível que tivésseis esquecido logo as Bacantes????? (suponho que fossem as vossas favoritas! :)

A sério: a expressão é um bocado tola e oca, mas acontece tal e qual como tu disseste. O presente, o hoje, agora, será alvo do mesmo dito. Isso faz de nós criaturas insatisfeitas e incompetentes, que reconhecem mais valor ao que já passou do que ao que "está" e "é".

Tal como a Robina, eu também não sou saudosista e, sobretudo, gosto da minha vida presente. Mas por vezes lá caio nisso dos "bons velhos tempos". Ora bolas! - não estou imune :))FataMorgana
(http://fatamorgana.romanesca.com/blogger.html)
(mailto:backinavalon@yahoo.com)


De Anónimo a 7 de Julho de 2004 às 17:56
os Deuses também sofrem de nostalgias? ;)
beijo ccc
(http://www.sofrega.blogspot.com)
(mailto:sofrega@sapo.pt)


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


.posts recentes

. Emoções

. Melhor Mãe do Mundo

. Cavatina

. Espelho

. Devotos

. Mas...

. Renascer

. Regras do Jogo

. Os nossos pensamentos

. Caminhos

.arquivos

. Outubro 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds