Terça-feira, 11 de Maio de 2004

Meditações

No Olimpo, meu local preferido, encontrando-me rodeado de Hera, Deméter, Dione e demais deusas (um dia destes conto a vida atribulada de Zeus) chegou-me a foto que se segue.

0497II.jpg

Lembra-me o seguinte;

Morre lentamente quem se transforma em escravo do hábito,
repetindo todos os dias os mesmos trajectos,
quem não muda de marca,
não arrisca vestir uma cor nova
e não fala com quem não conhece.

Morre lentamente quem evita uma paixão,
quem prefere o escuro ao invés do claro,
os pontos nos ís a um redemoinho de emoções,
exactamente a que resgata o brilho nos olhos,
o sorriso nos lábios e coração ao tropeços.

Morre lentamente quem não vira a mesa quando está
infeliz no trabalho,
quem não arrisca o certo pelo incerto,
para ir atrás de um sonho.

Morre lentamente quem não se permite,
pelo menos uma vez na vida,
ouvir conselhos sensatos.

Morre lentamente quem não viaja, não lê, quem não ouve música,
quem não encontra graça em si mesmo.

Morre lentamente quem passa os dias queixando-se da sua má sorte,
ou da chuva incessante.

Morre lentamente quem destrói seu amor próprio,
quem não se deixa ajudar.

Morre lentamente quem abandona um projecto antes de iniciá-lo,
nunca pergunta sobre um assunto que desconhece
e nem responde quando lhe perguntam sobre algo que sabe.

Evitemos a morte em suaves porções,
recordando sempre que estar vivo
exige um esforço muito maior que o simples ar que respiramos.
Somente com infinita paciência conseguiremos a
verdadeira felicidade.

Pablo Neruda


publicado por Zeus às 10:09
link do post | comentar | favorito
|
6 comentários:
De Anónimo a 30 de Maio de 2004 às 00:45
bem prega frei tomás.Cândida
</a>
(mailto:mcasa86@hotmail.com.)


De Anónimo a 12 de Maio de 2004 às 07:15
pois, agora acertaste em xeio.. as pessoas com trabalho escola, entram em stress... e nem se lembram de como é bom, fazer algo novo de vez enkanto! e continuam a ter smp o memo ritmo.. trabalho casa casa trabalho! é triste... mas é uma realidade!! na minha opiniao deve-se viver o dia como se foxe o ultimo... mas a realidade é ki nao pode ser bem assim... temos responsabilidades para cumprir.. muito sinceramente as vexes dá me uma vontade de deixar tudo e andar sem rumo por exte mundo! :D beijokitas e divirtam-se muito adorei o teu blog... e venho tb agradecer a passagem plo meuh! *****Miss_Freira_eXotica
(http://missfreiraexotica.blogs.sapo.pt)
(mailto:f_jersey@hotmail.com)


De Anónimo a 12 de Maio de 2004 às 00:49
Estou a preparar uma edição bloguista das letras na integra do CD Apenas o Amor de Aldina Duarte.

Diz qualquer coisa!João Maria
(http://apenasoamor.blogs.sapo.pt)
(mailto:joaomaria1@sapo.pt)


De Anónimo a 11 de Maio de 2004 às 22:20
tenho uma filha k ta a fikar assim. ****vina
(http://vina.blogs.sapo.pt)
(mailto:vinaneves1@sapo.pt)


De Anónimo a 11 de Maio de 2004 às 22:19
já falta pouco para eu fikar como esse boneco. hehehehehe ****telma_doors
(http://jimmorrisongod.blogs.pt)
(mailto:telma_benfica@sapo.pt)


De Anónimo a 11 de Maio de 2004 às 17:22
Assim seja, não tenhamos pressa, sabendo que estamos a caminhar para a felicidade é mais fácil...

Até sempreJoão Maria
(http://apenasoamor.blogs.sapo.pt)
(mailto:joaomaria1@sapo.pt)


Comentar post