Terça-feira, 22 de Fevereiro de 2005

Gritos

O processo ou a técnica é simples e eficaz.
A libertação do espirito e da alma!

alma.jpg

Muitos mortais vivem oprimidos ou retraídos com situações mal resolvidas. Angustias e desaires que por vezes se resolvem com simplicidade e leveza mas que por via das circunstâncias ou talvez algum acomodamento vão deixando ficar para trás, escondidas nos recantos mais sombrios da consciência.
As consequências de tal atitude são terríveis e nefastas. A consciência dos mortais não suporta por muito tempo a indefinição e as situações dúbias. Mais tarde ou mais cedo a dita (consciência) entra em confronto directo com o próprio mortal na tentativa de esclarecer e resolver a ambiguidade que se encontra alojada, provocando danos na estrutura e na composição da identidade.
É por isso, meus queridos mortais, que por vezes um grito de libertação é necessário na vida.
A coragem para a liberdade da alma.

Gritem, libertem-se!

abyssus abyssum invocat
(Um abismo chama outro abismo)

Fiquem bem,
publicado por Zeus às 11:05
link do post | comentar | favorito
|
17 comentários:
De Anónimo a 27 de Fevereiro de 2005 às 18:20
Já a Avril diz: "I like to scream, it makes me feel alive!!"
*****Laidiinha
(http://Laidiinhatalks.blogdrive.com)
(mailto:)


De Anónimo a 27 de Fevereiro de 2005 às 08:05
cocncordo plenamente. o problema é a falta de coragem...:(kika
</a>
(mailto:keik_1985@hotmail.com)


De Anónimo a 26 de Fevereiro de 2005 às 23:27
BOM fds e Beijo caloroso, BShellblueshell
(http://blueshell.blogspot.com)
(mailto:sengelo@mail.pt)


De Anónimo a 25 de Fevereiro de 2005 às 21:50
Voltei...mas não gritei! Estranho...não consigo gritar, a sério...
Um jinho e carinho, BShellBlueShell
(http://www.blueshell.blogspot.com)
(mailto:soft@maol.pt)


De Anónimo a 25 de Fevereiro de 2005 às 11:31
E realmente é verdade!
Por vezes um grito consegue libertar tanta coisa...
Bom fim de semanameialua
(http://fragmentosdalua.blogdrive.com)
(mailto:luamagica@hotmail.com)


De Anónimo a 24 de Fevereiro de 2005 às 16:08
Não cheguei a gritar...consegui passar por tudo sem gritar. Por vezes o meu corpo sentia-a com tanta intensidade que quase desmaiava. A cama parecia tremer de tempos a tempos...mas eu dizia para mim mesma " Não grites, olha os vizinhos, ...assim vão ouvir-te" .
E recolhia o grito na garganta. A cabeça às voltas e o corpo, de novo, a querer sucumbir...mas não GRITEI! Estava toda molhada e o suor cobria-me o corpo todo...

Era da febre, hoje estou melhor...a dor de cabeça já passou e EU NÃO GRITEI!

blueshell
(http://blueshell.blogspot.com)
(mailto:sengelo@mail.pt)


De Anónimo a 23 de Fevereiro de 2005 às 23:58
é incrivel como a escoria humana esta ficando cada vez mais rara na internet...
Roger
(http://www.filhosdenosgoth.weblogger.com.br)
(mailto:)


De Anónimo a 23 de Fevereiro de 2005 às 22:33
tou aqui a gritar! pronto, já táConchita
(http://diariodeconchita.blogspot.com)
(mailto:Conchitamarquez@gmail.com)


De Anónimo a 23 de Fevereiro de 2005 às 19:49
Adoro gritar. Costumo gritar e correr. Para dramatizar um pouco bater portas também não é mauyulunga
(http://yulunga.blogs.sapo.pt)
(mailto:yulunga1@sapo.pt)


De Anónimo a 23 de Fevereiro de 2005 às 16:08
Gritar? Pois... não tinha pensado nisso. Normalmente choro. Será por falta de coragem? AAAAAAAHHHHHH!!!! E agora? Choro?

Today's Quote
"There are two ways to look at life. One is as though nothing is a miracle; the other is as though everything is."
-Albert Einstein

Beijos :)Betty
(http://desfolhada.blogspot.com)
(mailto:ferreiraelisabete@hotmail.com)


Comentar post