Segunda-feira, 17 de Maio de 2004

Merdas e Coisas Assim...

Poderia opinar sobre assuntos mundanos e que estão na “berra” (pelos piores motivos), sobre a tristeza do caso da pedofilia, a guerra do Iraque, os atentados na faixa de Gaza, etc, etc. Estas merdas que assolam o mundo dos mortais cada vez mais e que denigrem a raça humana.
Esses assuntos serão tratados noutra ocasião em que esteja mais angustiado e para além disso existem imensas publicações, blogs, livros programas de tv sobre o assunto.
Prefiro antes opinar sobre merdas e coisas assim como dissertar sobre a imagem que a Sandra me enviou!

casal1.jpg

O Manel e a Maria

O Manel e a Maria são um casal típico português, honesto simples e trabalhador. O Manel trabalha que se “desunha” numa fábrica para pagar as contas da casa, o carro, os estudos dos filhos e o almoço no restaurante que fazem uma vez por mês ao domingo.
A Maria, lava e engoma a roupa da família, trata das crianças, do Manel, do cão e do gato, faz as compras ao sábado no hipermercado e ainda trabalha como mulher a dias na casa duns ricaços. Ainda lhe sobra tempo para ver a novela das 18h da 19h, interrompe às 20h porque o Manel gosta de ver o telejornal, retoma às 21h e termina com a novela das 22h, faz também excepção quando à jogo da bola, pois o Manel também não perdoa.
O Manel e a Maria só saíram de Portugal uma vez quando foram a Badajoz numa excursão organizada pela paróquia a que pertencem. As suas férias ou são passadas em casa, altura que o Manel aproveita para pintar algumas divisões (aquelas que apanharam mais humidade durante o Inverno), ou vão para a terra respirar o ar puro do campo.
O Manel e a Maria já não vão ao cinema, os bilhetes são caros e perderam a “pachorra” para assistir a “fantochadas”, tal acontecimento (o cinema) só ocorria na sua juventude, quando o Manel convidava a Maria para as matinés no cinema improvisado no quartel dos bombeiros.
O Manel e a Maria andam a maior parte do tempo em transportes públicos, a gasolina está cara e o Manel não é grande condutor. Normalmente aos Domingos o Manel pega no carro (que por vezes só pega de empurrão) e leva a Maria ao centro comercial mais perto. Lá podem apreciar as montras, comer um gelado e encontrar alguns amigos que tomam a mesma opção para passar os seus fins de semana.
Durante a semana e depois do trabalho, o Manel vai para o café ter com os amigos e dissertam sobre a política em curso e delineiam grandes estratégias futebolísticas com tácticas de jogo dignas de um grande treinador. Comentam também sobre a “gaija” boa que está a morar no prédio em frente e que o José (amigo do Manel) que mora no rés do chão ouve todas as noites os seus gritos de êxtase quando faz amor com os diferentes namorados que tem.
A Maria reúne-se com as amigas e fala sobre o drama da telenovela das 18h ou das 19 ou das 21 ou das 22h comentam também sobre as discussões que se ouvem no bairro inteiro que a quando o José (o tal amigo do Manel) chega a casa com os copos e bate na Augusta (a cusca mor do bairro).
A Maria (a mais ligada aos filhos) não compreende porque o Manelito (filho) chega a casa todos os dias tão tarde, afinal só tem 16 anitos, e quase sempre a cambalear. Ela desconfia que ele fuma.
A Mariazinha (filha mais velha) deixou a escola porque não se entendia com os professores, ela até é inteligente só que a maior parte das vezes é uma incompreendida. Por isso resolveu abandonar os estudo e dedicar-se à sua paixão, ser cabeleireira.

O Fernado de Unhais Cunha e Sá e a Isabel Mica da Cunha e Sá

A Isabel e o Fernado são um casal moderno. O Fernado é gestor Comercial numa empresa de renome e a Isabel é Directora de Marketing numa empresa também de renome.
Na sua casa, num bairro de prestigio, duas empregadas alternam durante a semana, elas tratam da casa do filhos e dos peixes que estão no aquário da entrada.
A Isabel viaja imenso e raramente está em casa, várias vezes pensou no divórcio que anseia com o Fernando, pois é chique e está na moda, mas vacila um pouco pois nessa situação deixaria de ter sentido manter o Filipe, o que também não deixa de ser chique. Na sua vida atribulada não dispensa o solário, manicura, pedicura, esfoliações semanais e a hidroginástica.
O Fernado também viaja imenso , veste roupa de marca, cheira bem e adora seduzir as colegas do trabalho ou as mulheres dos amigos. Já não tem conta as vezes que traiu a mulher, embora tenha uma ligeira desconfiança que Isabel também já o traiu uma vez, quando ela foi para Itália com um colega do trabalho que dizem ser um galã, apresentar um novo produto de tratamento de pele aos italianos.
Tanto o Fernando como a Isabel passam férias separados, pois nunca coincidem.
Estes dramas do casal são devidamente explorados e tratados nos psicólogos que ambos frequentam mensalmente. Eles acham que a terapia está na moda.
O Fernado frequenta um ginásio restrito onde joga squash e aproveita para “cavaquear” com os amigos..falam da economia geral do pais, da inflação e do pib (produto interno bruto).
A Isabel encontra-se com as amigas e discutem as tendências da moda e o local das próximas férias.
Do Nandito (filho mais velho) e da Isita (filha mais nova) pouco se sabe..nem mesmo eu, o narrador....os pais não lhes dão muita atenção e eles raramente estão em casa, a menos que seja dia de receber a mesada. Eles são uns jovens da moda.


Duas famílias, dois destinos, duas formas diferentes de viver que não fogem muito à realidade do mundo dos mortais.
Acho que o Nandito anda atrás da filha duma das empregadas, que é cabeleireira...mas isso fica para outro filme...

Fiquem bem, bom começo de semana!

A musica do dia está carregadinha de sensualidade e movimento. David Bowie, let's dance.
publicado por Zeus às 11:36
link | comentar | ver comentários (12) | favorito
Sexta-feira, 14 de Maio de 2004

Ousadias; A moda da Cuequinha

Um comentador do Olimpo, ora vejam lá o nome que o fulano arranjou... fazm1blog, enviou para o Olimpo a foto que se segue (tenho recebido muitas fotos para publicar, mas..cada uma a seu tempo):

girl_culture.jpg


A imagem carece de apreciação e dissertação, aqui vai;
(relembro os meus caros mortais que neste blog de tudo se escreve..digamos que tal qual o comentador conhecido da t.v., escreverei desde as couves no quintal do Sr. Silva à estação espacial Mir ou coisa do género...)
Aqui há tempos quando estive em Barcelona, desfrutando uns diazitos de férias que tirei no carnaval, reparei numa estranha moda que por sua vez já está bem implementada em Portugal.
A moda da cuequinha! Passo a explicar;
Estava Zeus sentado numa esplanada a beber a bela da bejeca (diga-se que a dos espanhóis não é lá grande coisa) numa avenida sobejamente conhecida “l’as ramblas” quando tive contacto imediato do terceiro grau com tal fenómeno.
Aproximava-se uma jovem que usava uma indumentária peculiar...Jeans (vulgo calça de ganga) para ai uns 5 nºs abaixo da sua medida ideal, de forma a evidenciar, sobressair digamos a mostrar a cuequinha. Sim! É espantoso.
Primeiro pensei que a moça, coitada era uma pobrezinha que nem dinheiro tinha para comprar calças à sua medida, mas ao aproximar-se verifiquei que toda ela estava vestidinha com roupa de marca..ena ena! Isto vai pegar no nosso Portugalito, pensei!
Como devem imaginar o segredo está na cuequinha exposta, que, convém se diga é de facto uma parte da indumentária sensual e provocante, sendo esta de todas as cores e feitios imagináveis.
Dito e feito a moda pegou que nem cogumelos nas nossa mortais Portuguesas. E mais...à moda da cuequinha está associada a moda das calças de ganga com manchinha, sim é terrível hoje em dia para um gajo que não queira cá manchas comprar as ditas! Outro dia corri “seca e meca” para encontrar umas ditas normais..aquelas azuis, duma só cor, ou mais claras ou mais escuras depende dos gostos...
- Só tem com manchinha?? Sim..só mesmo com manchinha!
Elas (as manchas) coabitam nas coxas, no rabo, nos joelhos, enfim...por vezes associam-se a calças à boca de sino, o que completa ainda mais o aparato.
Agora imaginem se pega a moda da foto, ou seja a t-shirt enroladinha ao soutien, que por sua vez está associada à moda da cuequinha e da manchinha! Meu Zeus!

vera incessu patuit dea







Termino com a seguinte reflexão de Alexandre O'Neill (muito gosto da sua prosa) sobre Lisboa.. a minha amada Lisboa...se o Olimpo não fosse no Olimpo era com certeza em Lisboa!.

Fiquem bem Zeus vos abençoe e passem um óptimo fim semana! Bebam uns copos, vão para a borga com os amigos, ou com quem gostem de estar, estejam com a família e deixem-se de estar agarrados à net, que eu farei o mesmo. Aproveitem o sol que Zeus lhes concede;

Gaivota

Se uma gaivota viesse
trazer-me o céu de Lisboa
no desenho que fizesse,
nesse céu onde o olhar
é uma asa que não voa,
esmorece e cai no mar.

Que perfeito coração
no meu peito bateria,
meu amor na tua mão,
nessa mão onde cabia
perfeito o meu coração.

Se um português marinheiro,
dos sete mares andarilho,
fosse quem sabe o primeiro
a contar-me o que inventasse,
se um olhar de novo brilho
no meu olhar se enlaçasse.

Que perfeito coração
no meu peito bateria,
meu amor na tua mão,
nessa mão onde cabia
perfeito o meu coração.

Se ao dizer adeus à vida
as aves todas do céu,
me dessem na despedida
o teu olhar derradeiro,
esse olhar que era só teu,
amor que foste o primeiro.

Que perfeito coração
no meu peito morreria,
meu amor na tua mão,
nessa mão onde perfeito
bateu o meu coração.


Alexandre O'Neill
publicado por Zeus às 09:16
link | comentar | ver comentários (11) | favorito
Quinta-feira, 13 de Maio de 2004

Considerações Bloguistas

zeus4.jpg

Os blogs alimentam-se dos próprios bloguistas...faço comentários no blog vizinho e depois espero que por cordialidade me coloquem na sua lista de links e vice-versa...e atenção! Eu, Zeus, faço exactamente o mesmo...mas para quê? Satisfação própria? Quantos mais comentários eu tiver melhor? Sei lá!!! O clube restrito dos blogs e seus bloguistas que se alimentam a si mesmos...todos nós alimentamos os egos uns dos outros...o clube dos blogs mortos??
Ora agora comento eu, depois tu e depois tu mais eu...a guerra dos comentários continua!
Depois temos os “the” blogs, aqueles dos tops + +..intocáveis senhores de toda a bloguisse!! Haaa..como sonho estar nessa posição eu e o meu bloguezito!!(delírios...)...nós (eu), da classe blogs mais baixos, aqueles dos 5 ou 6 comentários por artigo e que aspiramos a um ego do tamanho do mundo transposto na quantidade dos comentários!
Todo o bom português deveria ter um blog onde pudesse expressar as suas angustias, desejos e ânsias! Seria muito fácil de conhecer o vizinho do lado ou a vizinha jeitosa! Os blogs seriam um segundo B.I. uma espécie de horóscopo pessoal e intransmissível...E depois seria também fácil dizer mal do vizinho, do amigo, do político, do artista, do almeida, do padeiro, do advogado, do chefe, e por ai fora! Bastaria um simples comentário, anónimo ou não...
Muitos problemas seriam resolvidos através dos blogs!..o livro “as palavras que nunca te direi” (Nicholson Sparks) passaria à história!
E quem neste mundo de mortais não teria algo a dizer heim?
Seria formada a corrente dos blogs..todos os portugueses unidos pelos blogs! Imaginem a quantidade de comentários!!!!

abusus non tollit usum



Hoje estou virado para a Mariza...e que voz celestial que a diva tem!
Esta letra, “chuva”, para mim, Zeus que também gosta de fado (um gajo vai envelhecendo e aquela coisa do “nunca digas desta água não beberei” torna-se cada vez mais verdadeira), é das prosas mais bonitas que alguma vez se cantou...para vocês, caros bloguistas aqui fica a chuva...oiçam se puderem..vale a pena!




CHUVA
(Jorge Fernando)

AS COISAS VULGARES QUE HÁ NA VIDA
NÃO DEIXAM SAUDADE
SÓ AS LEMBRANÇAS QUE DOEM
OU FAZEM SORRIR

HÁ GENTE QUE FICA NA HISTÓRIA
NA HISTÓRIA DA GENTE
E OUTRAS DE QUEM NEM O NOME
LEMBRAMOS OUVIR

SÃO EMOÇÕES QUE DÃO VIDA
À SAUDADE QUE TRAGO
AQUELAS QUE TIVE CONTIGO
E ACABEI POR PERDER

HÁ DIAS QUE MARCAM A ALMA
E A VIDA DA GENTE
E AQUELE EM QUE TU ME DEIXASTE
NÃO POSSO ESQUECER

A CHUVA MOLHAVA-ME O ROSTO
GELADO E CANSADO
AS RUAS QUE A CIDADE TINHA
JÁ EU PERCORRERA
AI, MEU CHORO DE MOÇA PERDIDA
GRITAVA À CIDADE
QUE O FOGO DO AMOR SOB A CHUVA
À INSTANTES MORRERA

A CHUVA OUVIU E CALOU
MEU SEGREDO À CIDADE
E EIS QUE ELA BATE NO VIDRO
TRAZENDO A SAUDADE
publicado por Zeus às 09:25
link | comentar | ver comentários (9) | favorito
Quarta-feira, 12 de Maio de 2004

Demências da net

Aposto, aliás, tenho a certeza que se “postasse” aqui, neste local de culto fotos de “gajas(os)” nuas/nus este, seria dos blogs mais concorridos da net! O sexo vende! Especialmente na net que é um local frio e impessoal...
Pois bem, tomem lá;

zeus3.jpg

O Zeus vai Nu!

Reflictam no seguinte meus caros;

"Tenho pensamentos que, se pudesse revelá-los e fazê-los viver,
acrescentariam nova luminosidade às estrelas, nova beleza ao
mundo e maior amor ao coração dos homens."
(Fernando Pessoa, em "O Eu Profundo")
publicado por Zeus às 11:49
link | comentar | ver comentários (7) | favorito
Terça-feira, 11 de Maio de 2004

Meditações

No Olimpo, meu local preferido, encontrando-me rodeado de Hera, Deméter, Dione e demais deusas (um dia destes conto a vida atribulada de Zeus) chegou-me a foto que se segue.

0497II.jpg

Lembra-me o seguinte;

Morre lentamente quem se transforma em escravo do hábito,
repetindo todos os dias os mesmos trajectos,
quem não muda de marca,
não arrisca vestir uma cor nova
e não fala com quem não conhece.

Morre lentamente quem evita uma paixão,
quem prefere o escuro ao invés do claro,
os pontos nos ís a um redemoinho de emoções,
exactamente a que resgata o brilho nos olhos,
o sorriso nos lábios e coração ao tropeços.

Morre lentamente quem não vira a mesa quando está
infeliz no trabalho,
quem não arrisca o certo pelo incerto,
para ir atrás de um sonho.

Morre lentamente quem não se permite,
pelo menos uma vez na vida,
ouvir conselhos sensatos.

Morre lentamente quem não viaja, não lê, quem não ouve música,
quem não encontra graça em si mesmo.

Morre lentamente quem passa os dias queixando-se da sua má sorte,
ou da chuva incessante.

Morre lentamente quem destrói seu amor próprio,
quem não se deixa ajudar.

Morre lentamente quem abandona um projecto antes de iniciá-lo,
nunca pergunta sobre um assunto que desconhece
e nem responde quando lhe perguntam sobre algo que sabe.

Evitemos a morte em suaves porções,
recordando sempre que estar vivo
exige um esforço muito maior que o simples ar que respiramos.
Somente com infinita paciência conseguiremos a
verdadeira felicidade.

Pablo Neruda


publicado por Zeus às 10:09
link | comentar | ver comentários (6) | favorito
Segunda-feira, 10 de Maio de 2004

Decisões importantes

Aqui há dias, em conversa com uma amiga, e sobre tão grande e nobre blog, ela dizia-me…devias arranjar um tema, focar-te num objectivo relativamente ao blog..dessa forma seria muito mais concorrido pois que lá se dirigisse já sabia perfeitamente ao que ia. Pois eu acho que não! Eu acho que os próprios visitantes (oh meu Zeus...e tantos que são...vejam o contador...) indicarão o caminho que este blog deve tomar...O rumo deste blog será ditado pelos seus próprios leitores com seus distintos comentários. Você decide! É certamente a melhor forma, a mais democrática! Sei que talvez..daqui a dez anos isso aconteca..mas ZEUS é grande!
Haa... é verdade! E ando a tentar mudar o estilo do blog...aquele sol lá em cima já irrita...infelizmente Zeus não é muito dado a estas tecnologias virtuais..sugestões são bem vindas!

Zélia, espero pela tua aventura da semana!
Isa, onde andam os teus poemas?
Telma, Obrigado pela foto abaixo!

m_e_4.jpg
publicado por Zeus às 10:05
link | comentar | ver comentários (5) | favorito
Sexta-feira, 7 de Maio de 2004

Desilusão

Estou farto!
Estou farto desta merda de vida, casa emprego emprego casa!
Merda! Não foi isto que sonhei para mim, quando era puto e via os adultos no mesmo core corre pensava...estupidos..nunca serei assim! Sou especial, diferente, a mim as coisas acontecem doutra forma!
p018[1].jpg
Estou farto! Hoje tenho responsabilidades e vejo-me obrigado a ter exactamente o mesmo tipo de vida..corre corre...um gajo sai do trabalho chega a casa. Janta, vai dormir acorda fodido no outro dia de manhã porque a merda do despertador não se cala!
Onde estão as coisas especiais? Somos nós que as construímos, somos nos que ditamos o nosso destino e forma de vida, muitos dirão....mas e aquele destino, especial, aquela forma diferente de ser que pensávamos que tínhamos,...aquele dom diferente? Onde está? Nada acontece porra!!! é sempre a mesma merda! Na TV é sempre a mesma merda, um gajo começa a sair à noite para se divertir e dai a uns dias deixa de ser novidade e é sempre a mesma merda, um gajo arranja um passatempo um hobbie e dai a uns dias é sempre a mesma merda..um gajo vai ao cinema e é sempre a mesma merda..um gajo engata umas gajas e é sempre a mesma merda..um gajo joga no totoloto e é sempre a mesma merda!! Mas afinal que merda de vida é esta??? Um gajo pensa..o dinheiro resolve o problema!! Engano...é sempre a mesma merda...passados uns tempo torna-se rotina e passa a ser sempre a mesma merda!
Merda de vida!! Vou emigrar mas passados uns tempos passa a ser sempre a mesma merda!! Porra!!!
É uma desilusão , é sempre a mesma merda!


Um desiludido
publicado por Zeus às 13:52
link | comentar | ver comentários (3) | favorito
Quarta-feira, 5 de Maio de 2004

Finalmente!!!! Zeus seja Louvado!! A nossa amiga Zélia enviou um mail com uma história sua! Viva a Zélia!

Para ti Zeus, e para que não te queixes mais aqui fica o meu comentário ou artigo, o que queiras chamar.
Sou a Zélia (nome virtual) tenho 36 anos e vivo em Lisboa. Como toda “boa” trintona sou divorciada..sim porque o divórcio é chique é “in” é “estar na moda” hoje em dia!
Habituei-me a um novo estilo de vida o estilo “predadora” ou seja, caro Zeus o “papa homens”, bons é claro! Não me interessa que sejam casados, divorciados, solteiros bons ou maus rapazes. Interessa-me unicamente que tenham um bom corpinho, e que me atraiam...o resto é comigo!!

Sexta feira, estive na docas o meu local preferido de “ataque”, lá encontramos todas as espécies de homens, entre os quais os que mais gosto.
Depois de correr alguns bares, acompanhada da minha melhor amiga, finalmente entrei no....(não revelo nomes). Uns vodkas bebidos (sim.. gosto de vodka) e estava pronta...é só escolher o alvo..aqueles que estão ao balcão de copo na mão são os mais fáceis, mais vulneráveis... Num grupo 3 homens lá estava ele..a minha próxima presa! (gosto de os tratar assim...presas).
O meu vestido preto justo (fica-me a matar) rolava bem perto dele, gosto de os provocar assim..dançar de costas para eles..não falha!
“olá como te chamas”- pergunta da treta, infelizmente a maior parte deles apresenta-se desta forma...originalidade está em falta.
Do “olá como te chamas” ao “queres vir tomar um copo a minha casa” foi um instante..quando a disposição é mútua. Tenho por princípio que “quecas mágicas” só mesmo em minha casa..é o meu terreno, sinto-me mais segura.
“Quecas mágicas”; aquelas quecas de ocasião, sem compromissos posteriores..normalmente são noites de paixão e sexo mágicas..acabam no outro dia com um..depois ligo-te..ou seja, nunca mais te vejo!a menos que a presa esteja qualificada em níveis superiores e valha a pena voltar a petiscar da mesma carne!
Táxi para a Rua........(nunca ando em Lisboa à noite em transporte próprio) e lá fuí com o Pedro (é o nome real da presa).
Fecha a porta e foi imediato, o gajo era daqueles apressados. Já tinha percebido que tinha sido o eleito para a noite e queria cumprir com a parte dele o melhor possível.
A sala foi o primeiro cenário de tanto êxtase e tesão...e o gajo estava bem fornecido, sim! Não me venham cá com tretas! Gajos com pilas pequenas não são a mesma coisa..nem que seja psicologicamente gosto deles bem avantajados!
Rebola para aqui, rebola para ali e a sua mão já estava no sitio indicado, e que belas mãos que tinha..(adoro homens com mãos grandes). Boca na pila foi o próximo episódio...gosto que eles se sintam bem..dá-lhes a sensação de serem machos..obviamente que exigo retribuição e desta forma fazem-no com todo o prazer!
Os ânimos estavam exaltados, até me esqueci de ligar a aparelhagem e colocar uma musicazinha de fundo (normalmente chico buarque ou martinho da vila...são sons exóticos, transmitem calor e paixão), penetração era o próximo passo. Pára Tudo!! E a camisinha meu caro Pedro? Nem penses que o faço sem camisinha!
Felizmente tenho na gaveta da mesa de cabeçeira um stock que me permite sobreviver durante um mês ou mais (oferta duma outra aventura que imaginem...tinha um negócio de venda de preservativos via internet).
Abandonada a sala por motivos já conhecidos passámos para o segundo cenário, a minha toca, o meu quarto. E ai..ai sim...e como trabalhava bem o Pedrito...gosto deles bem mexidos, inovadores, ousados...Cumpriu com todas as minhas fantasias, das formas que mais gosto..sempre em contacto comigo, sempre abraçando o meu corpo junto ao dele (transmite-me uma sensação de conforto e segurança)...êxtase no culminar da situação e pimba!!! O gajo vêm-se duma forma que encheu a camisinha por dois....se aquilo entrasse directamente no meu corpo sabe-se lá os estragos que tinha feito....haaaaa...sabe tão bem....
Dia seguinte, desço as escadas com ele até ao táxi (deixou o carro dele nas docas).
Não sei o que faz na vida, se é casado, se tem filhos..nada! como eu gosto!

Próxima caçada! Fim de semana! Depois conto!

Zélia
publicado por Zeus às 15:21
link | comentar | ver comentários (2) | favorito

Cum Caraças!!

zeus2.jpg


Anda para aqui uma gajo a ter trabalho em manter o blog vivo e nada..nadica deste mundo...meia dúzia de comentários e nada...
Bom...Zeus, omnipotente e omnipresente não desiste facilmente...
Oh pá!! contem coisas...enviem qualquer merda de jeito, fotos textos..estou por tudo...publico tudo e mais alguma coisa...utilizem o mail (z_olimpo@sapo.pt) ou comentem sobre algo caraças!!!!
publicado por Zeus às 12:44
link | comentar | ver comentários (2) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


.posts recentes

. Emoções

. Melhor Mãe do Mundo

. Cavatina

. Espelho

. Devotos

. Mas...

. Renascer

. Regras do Jogo

. Os nossos pensamentos

. Caminhos

.arquivos

. Outubro 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds