Quinta-feira, 26 de Agosto de 2004

Sentido contrário

macro-ants.jpg

Passam os dias de repouso e a azafama começa!
Como formigas em carreiros, mas desorganizadas, ou em sentido contrário (Zeca Afonso), os mortais retornam aos seus postos. Lentamente a cidade volta ao seu caos habitual. Trânsito, pessoas dum lado para o outro, pobres na rua, pobres da rua, mendigos e dependes. A atmosfera começa a ficar poluída. O tempo relembra-nos que vive de quatro estações e mais uma se está a aproximar.
E os mortais trabalham.
E sonham.
E sonham com o ano que vem. E onde irão repousar as suas mentes e corpos cansados.
E os mortais trabalham.


intra muros, age quod agis
(Dentro dos muros, fazes o que fazes)



Fiquem bem caríssimos
publicado por Zeus às 11:13
link | comentar | favorito
12 comentários:
De Anónimo a 26 de Agosto de 2004 às 12:06
Ora, Zeus, é a vida... dos mortais!Montellano
</a>
(mailto:)


De Anónimo a 26 de Agosto de 2004 às 11:54
esta imagem está simplesmente genial.....

visita e comenta http://diariobordo.blogs.sapo.pt/db
(http://diariobordo.blogs.sapo.pt/)
(mailto:diariobordo@sapo.pt)


Comentar post