De Anónimo a 4 de Outubro de 2005 às 05:51
parte III

A ciência tem sido usada compulsivamente em qualidade e qualidade na estética feminina, a estética masculina se encontra deturpada pelo feminismo e suas hipocrisias de modo a deturpar e reduzir o desenvolvimento e a quebra dos preconceitos ou pressões e discriminações de serviços criados pelo feminismo em alturas em que o machismo arcaico era passivamente e não hipocritamente e sadicamente dominante, mas simplesmente segundo interpretação da natureza, deixando tais cuidados para as mulheres, visto estas terem tempo e o dinheiro do marido para se agradarem a si próprias as outras mulheres e homens e depois ao marido tentando manipula-los com sua beleza e erotismo.
Os esfoliantes (o mais adequado para acne), hidratantes e demais produtos dermocosméticos para homens são ainda muito retrógrados, um homem deve usar aquilo que é recomendado para as mulheres desde que não tenha estrogéneos, não haver diferenças relevantes.
A hipocrisia feminista e conspiradora feminista nos deturpando a verdade, a beneficio directo dos direitos das crianças e indirecto do feminismo e das mulheres principalmente as hipócritas e mesquinhas (maioria), defendidas pela UNICEF, por mulheres feministas dentro das ONG’s dos direitos das crianças mas seguido também por organizações governamentais


The feminist hypocrisy and feminist conspiracy and the corruption of the truth, in benefit of children rights directly and indirectly of feminism mostly of hypocrites and sadist women (the mayor of them), defended by UNICEF (ONU), and by feminist women inside of the children rights of non governmental organizations but followed by the governmental organizations policies
(Request to translate for a Portuguese citizen in your country specially male citizen and unfeminist or unsexes citizens which knows Portuguese, sorry if it’s not in English or in your language too)


Critic comment (the entire comment it’s written in Portuguese please ask for translation for a Portuguese or Brazilian men (preference) or credible women unfeminist directly and or indirectly (if there exists) :

In answer for the published book or artic in French called “L’Osservatore Romano” translated for several languages including Portuguese, by Jaane Haaland Matlary
Who wrote the «II world wide congress about Childs sexual exploration » in Portuguese «II CONGRESSO MUNDIAL SOBRE A EXPLORAÇÃO SEXUAL INFANTIL».


A deturpação do conceito de exploração de crianças, foi feito de modo a só atingir o sexo masculino (homem) e não as mulheres, é autentica sádicidade e hipocrisia feministas, usar e mediatizar tais conceitos contra o sexo masculino de modo a tentar incriminá-los, coagir de direitos paternais e familiares, bem como incrementar a acusação e denuncia falsa e ou sob interesses ilícitos feministas.
A maioria das crianças que dizem ser vitimas de exploração infantil muitas é por conspiração familiar com mãe, outras são vitimas devido a haver gente com perturbações psíquicas do foro sexual o qual o feminismo contribui como estimulo a tal, de forma hipócrita, apenas considera abuso sexual quem comete sendo estes os homens, e tem como ideia apenas ser o homem que faz sexo o agente criminoso e uma mulher que estimula ao sexo e abusa sexualmente mediante contacto físico, e ate mesmo se tal crianças for um jovem com maturidade sexual, tenta seduzi-lo, assedia e pressionada intelectualmente e psicossocialmente de modo a tentar estimular ideia e mudança de atitude em fazer sexo com esta, nos caso gerais os homens que fazem sexo com menores de 16 anos, mesmo com consentimento ou com iniciativa de tal jovem ou criança a tal, ou mesmo ainda no caso de menores de 10 anos, que certas crianças pouco se importam ou tentam mesmo estimular devido a um libido precoce ou devido as suas fazes de desenvolvimento de personalidade, como o complexo de Édipo e demais, dados nas correntes da psicologia. É uma autentica hipocrisia considerar que se existe consentimento e existe ate iniciativa ou mesmo assedio sexual de jovem inferior a 16 anos a um homem que pode não conseguir controlar seus impulsos sexuais, e principalmente quando tal jovem geralmente no caso heterossexual raparigas querem mesmo ter relação sexual com gente maior de 16 anos, e que a sociedade imposta por os conceitos e iniciativas feministas que tentaram deturpar a justiça e o bom senso ou mesmo a própria verdade e bom espírito seja natural ou religioso, tentando deste modo criminalizar apenas os homens sob algo que não é crime, e só atingido o homem e nãos aquelas mulheres que tem sexo com gente menor de 16 anos, bem como aquelas mulheres que abusam sexualmente e ofendem sexualmente tocando e ou usando para prazer psíquico-sexual destas mas que nem fazem sexo copular podendo apenas assediar fisicamente e ou fazer sexo oral, sendo tal a margem da lei não considerado crime ou não considerado punível ou difícil de fazer prova…

A maioria dos crimes de abuso sexual que são feitos a crianças de sob sexo convencional pelo homem, nasce de perturbações psico-sexuais ou de razoes culturais e ate a própria criança pode nem se sentir ou estar ofendida com tal, mas depois certos adultos, especialmente mulheres tentam se aproveitar de tal para coagir o determinismo sexual masculino, bem como para tentarem mediatizar e incrementar o odeio sádico e hipócrita para o sexo masculino e para o sexo heterossexual ou homossexual masculino, deixando de parte hipocritamente, o sexo lésbico e o sexo oral feminino, bem como demais abusos psíquicos de carácter sexual contra crianças do sexo masculino, de modo a ridicularizar e destruir auto-estima sexual e sua identidade, bem como usando como meio de obtenção de prazer sexual feminino o tarefas de cuidado infantil como meio de juntar o útil ao agradável, abusando sexualmente das crianças de modo indirecto ou meramente mediante curiosidade anatómica e sexual das crianças, especialmente dos meninos…
É muito habitual quando uma mãe ou familiar ou mesmo babysitter cuida de um bebe do sexo oposto, se gostar de tal bebe, abocanhar quando procede a limpeza e higiene genital e anal do bebe, abocanhar o sexo da criança, bem como beijá-lo ou mesmo brincar com tal, embora o instinto maternal corrompa tal, constitui uma discriminação e abuso sexual de percepção e de duvida de comprovar se esta a fazer por ter prazer com tal, a qual alega dizer ter estado a brincar com o bebe ou criança logo o mesmo acontece com certos homem que também no ver destes estavam a brincar com criança sem a querer ofender sua integridade sexual, física ou psicológica, ou então também se fizessem o mesmo que essas então não deveria ser constituído como abuso sexual, visto se existe igualdade, bom senso e justiça, logo se as mulheres que fazem tal não são criminalizadas também os homens que fazem tal não devem de o ser…

Todos os rapazes dos 10 ate aos 16 anos ou mesmo menos se tiverem maturidade precoce, isto para o caso de sexo convencional “intercourse”são vitimas de abuso sexual e sedução assediosa, bem como estimulo do libido de tais rapazes, por mulheres que tem mais do que 18 anos de idade, usando tais rapazes e os manipulando sexualmente para seus prazeres e fantasias sexuais, o qual não são criminalizadas mas se o mesmo for feito por um homem ai já é abuso sexual, mesmo ate que um homem seja assediado por jovem seja rapariga ou rapaz, é considerado abuso sexual e alem disso estes ate oferecem prendas e demais coisas em recompensa de tal “romance juvenil” ao contrario das mulheres pedófilas…

A pornografia infantil na Internet, algo que sendo por coerência deveria também ser constituído como tais as fotografias que muitas mães tiram as crianças nuas, especialmente, e na maioria do caso a crianças do sexo masculino, muitas delas a chorar por não gostarem de estar expostas e apanhar frio ou serem confrontadas nuas com gente que nem conhecem ou que também não são familiares ou não demonstram sua intimidades sexuais, bem como tentam ridicularizar o sexo da criança.
É uma autêntica hipocrisia feminista por mainstreaming haver mulheres e muitos homens burros e conformistas com medo do feminismo e de suas retaliações ou vinganças, nas mais diversas formas sejam mediante uso pelo forjamento da justiça de modo a aproveitar a mediatização e a dificuldade em fazer prova ou em apurar a verdade e inocência dos arguidos em causa, de modo a sujeita-los a violência social e jurisdicional…
Também injusto e hipócrita haver jovens ou crianças que se oferecem sob sua vontade para serem fotografadas e divulgadas suas fotografias, sem serem sujeitos a violação por uso de violência ou sem uso desta ou assédio sexual físico ou mesmo psíquico, pagando a estas ate ou dispondo demais serviços para bem-estar destes jovens ou crianças as quais não entendem tal como ofensa aos seus direitos mas que existe terceiros, na maioria terceiras visto ter sido mulheres com ideias de promover tais conceitos de crimes, sendo criminalizado ate não só apenas quem dispõe sites ou fotos e filmes, mas também quem consulta ou vê, que apesar de não ter cometido nada contra ninguém é criminalizo de tal…

Se um tal conceito é considerado crime horrível, então meus amigos, mas vale matar e matar de modo a destruir provas, suspeitas de morte ilícita ou artificial com mão humana, ou destruir provas e corpo mediante substancias químicas e técnicas físicas nem que seja incineração ou queima e depois trituração de tais corpos, o qual deveriam ser especialmente de tais mulheres e associações ou órgãos que defendem e deturpam a lei considerando crime sob pontos de vista falaciosos e dramatizadores, o qual o aborto voluntário da gravidez é muito mais pior ainda considerado como difícil de provar ou sob parcialidade sexista da justiça e politica, especialmente dos núcleos de mulheres dos partidos políticos, na resolução, sendo violado não só o direito a vida e ate mesmo o querer de tal criança poder viver, se esta depois mais tarde manifestasse ter sido a opção certa, bem como a impossibilidade de esta criança ou feto se manifestar e exigir justiça, bem como se queixar, alem de ser usado como se fosse propriedade da mulher por estar dentro do corpo desta e ate mesmo por ter nascido dentro desta indo incoerentemente com o que é salientado pela a hipócrita UNICEF e certas mulheres envolvidas que ao comentarem em tal conferencia buscaram um extracto literário do poeta Khalil Gibran: «Os vossos filhos não são vossos, pois são os filhos e as filhas da vida que aspira a si mesma; eles nascem por meio de vós, mas não de vós; e embora vivam convosco, não vos pertencem», o qual não é meramente para censurar os homem acusados injustamente mesmo que cometam tal crime de abuso sexual, mas também devendo ser para todas as mulheres que reiteram o feminismo e as medidas de injustiça social e judicial contra ou com objectivos de prejudicar somente ou maioritariamente os homens…
Alem de tal aborto ir contra o direito de paternidade e propriedade genética do progenitor, coagindo a sua decisão e defesa de tais direitos, bem como sendo usado como fornecedor do bebe sob fraude reprodutiva que coaja sua decisão ou sua responsabilidade social e jurídica no que diz respeito a contracepção e a fraude da progenitora, bem como meio de ameaça da progenitora para usufruir de seus interesses ou objectivos.


Comentando o seguinte extracto «0 tráfico das mulheres e das crianças, o turismo sexual e a pornografia infantil na Internet aumentaram enormemente desde a primeira Conferência sobre a exploração das crianças, realizada em Estocolmo (1996)», do referido texto, é autêntica hipocrisia falar em tráfego sexual de mulheres (em 1º) porque são estas que querem, se oferecem e procuram tal, não meramente para ganharem mais, ou por ser mais fácil de adquiri tal profissão, mas também por preguiça, opção comprada profissional, bem como obtenção de prazer sexual mediante uso do sexo como profissão, alem de como meio mais fácil de furtar ou extorquir dinheiro e capacidade de influencia social, muitas destas são as que se oferecem para tal de modo a poderem entrar em países estrangeiros de modo a poderem enriquecer a custa dos homens e assediando psico-sexualmente e físico-sexualmente, sabendo quais são o contracto e quanto devem pagar em serviços ou com dinheiro obtido a quem organiza e quem ajuda estas a entra ilicitamente em tais países, o qual mediante conspirações de carácter jurídico de mulheres ligadas a associações feministas indo de comissões de estado ate associações de mulheres emigrantes, que assim com isso pretendem de tal modo ilibar a culpabilidade destas instigando a estas a argumentar e a comprovar sem haver de facto garantias de que estejam a dizer a verdade de que foram vitimas de exploração sexual, mediante a vinda destas para tal pai, sem saberem que era para prostituição, dizendo que não ganhavam, não afirmando que ficavam a pagar as dividas remuneratórias que deram para se alimentarem, para viverem e para os custos da instrução territorial, bem como dizendo que eram vitimas de maus-tratos, não dizendo que eram desobedientes em aspectos comportamentais estipulados bem como respeito pelo os proprietários e trabalhadores, alem de não respeitarem os direitos do seus clientes, podendo mesmo tendo estas agredindo ou terem feito violência psíquica e ate mesmo física contra os seus patrões e clientes, de modo a deturparem as condições previstas ou regras estipuladas, bem como sofrendo castigos pró terem furtado, burlado, extorquindo ou roubando dinheiro ou demais bens que não lhes pertença por direito e por remuneração de serviço sexual prestado…
Isto tudo a se ilibarem da acusação e de pena por tal, bem como facilitar e ate coagir direitos do sexo masculino, e estimular a desigualdades jurídicas que favorecem as mulheres em tais áreas directamente ou indirectamente.
Logo é muito melhor assassiná-las Nantes de fazerem provas, denúncias directas ou indirectas seja por telemóveis ou por terceiros e demais meios, acusações e não entrar em campos de tráfego de mulheres estrangeiras seja sob fins lícitos ou ilícitos, e todos os fins lícitos devem ser apenas para trabalhos considerados trabalhos que não dêem prazer principalmente sexual a ninguém, nem mesmo a estas…

No caso das crianças, o mesmo se reitera, ate porque a maioria das crianças que estas defendem são raparigas, e por serem raparigas todos os organismos de carácter social seja ONG’S ou de carácter social internacional como UNICEF, bem como o mesmo é feito, muitas vezes é aceite ou exigido por mulheres suas familiares como estratégia de alto rendimento e de maior extorsão económica dos homens que seu determinismo sexual e seu libido é forte, ou que sejam ninfomaníacos e que não controlam ou não conseguem controlar desejo e que os é coagido medicamentos de tratamento anti-libido ou redutores da libido, bem como é lhes coagido informação destes campos e compra de venda livre de tais fármacos e sob anonimato e sob preços acessíveis, ao contrario das pílulas e demais medicamentos genealógicos ou produtos terapêuticos, isto seja mediante assedio licito ou ilícito de tais prostitutas, bem como devido ao incremento de erotismo e de sensualidade mediante ao desenvolvimento de estética, sedução, vestuário, dermoestética e demais artificialidades e sensualidades femininas, bem como ate de programas e filmes e demais, que estimulem e incrementem o libido masculino e heterossexual, sendo os heterossexuais os que são explorados de facto pelo seu determinismo sexual de vários modos ao contrario das difamações feministas a cerca da exploração económica, sexual, social, psíquica e intelectual que acusam falaciosamente e hipocritamente os homens, bem como demais estratégias feministas…
Muitos dos casos de pornografia infantil alem destas crianças não se importarem e serem beneficiadas por tal, bem como não serem sujeitas a nenhuns actos sexual contra sua vontade, ou mesmo feito por terceiros, também não estipula e pode induzir a erro quanto a maioridade admitida por lei internacional manipulada e revogada mediante intervenção hipócrita e feminista da UNICEF (a qual deveria ser alvo de um terrível atentado terrorista, alem de outros como comissões sexistas feministas da ONU, visto hipocritamente tais não respeitarem na realidade o direito, a liberdade e garantia dos direitos dos homens, bem como liberdade de expressão, de manifestação, de reivindicação, de resistência e politico-jurídica e se for necessário militar em revogar tais injustiças…


O feminismo indirectamente e directamente estimulou e criou certas filosofias sejam directamente ou indirectamente susceptíveis de serem androgínicas ou androfóbicas (visto o conceito de androgínicas não ser homologamente igual ao de misóginas referidos e deturpados pelo feminismo no dicionário de língua portuguesa) e falaciosas em certos pontos de vista, o qual é base o referido extracto do referido texto enunciado que diz «Sob o ponto de vista da Santa Sé, não pode haver qualquer tolerância em relação à exploração comercial das crianças, tanto em nome da livre expressão como da livre escolha. As crianças nunca são parceiros sexuais consensuais, mas sempre vítimas. A Convenção sobre os Direitos da Criança realça o seguinte facto: o melhor interesse da criança é sempre o ponto central. Devemos prestar atenção a qualquer tentativa de minimizar os crimes que se cometem neste sentido. O abuso sexual constitui um mal, é um acto criminoso e sujeito à punição. Nós devemos poder dispor de uma maior vontade política para combater tais crimes contra os nossos semelhantes mais frágeis, consolidando a lei internacional e os instrumentos de extradição e de extra-territorial idade. (…) Actualmente existe uma grande crise moral. Nas suas declarações conclusivas, os encontros regionais realizados em Rabat e em Bangkok indicaram claramente que a exploração sexual de que as crianças são vítimas é devida inclusivamente ao «declínio dos valores».»

Comentando o acima exposto, elaborado pela a feminista no inicio mencionada e suas cúmplices, em que buscam a Santa Sé, e logo a religião católica a que tanto odeiam e que querem deturpar seus valores cívicos, científicos e tradições justificadas de modo a poderem corromper mais facilmente, bem como vão contra os princípios da vida, defendendo o aborto feito apenas por as mulheres portadoras de tal concessão da natureza e não concessão destas ou propriedade destas, bem como autoria biológica seja esta construtiva, quando dizem fiz um filho/a, muitas vezes levado a letra e não como figura de estilo para expressar que tive/ reproduzi um filho/a, tentando estimular intolerância, dramatizando, mediatizando e ate coagindo direitos e deveres dos implicados, bem como sua liberdade e direito a inocência e a procura da verdade, não deixando alternativas do que o odeio as mulheres que sejam estas feministas assumidas ou não são sempre um risco e uma inconfiança, bem como ao feminismo e suas hipocrisias e injustiças contra os direitos humanos especialmente dos homens, como também incentivo a fazer justiça pelas próprias mãos e a agir inteligentemente de forma terrorista e militar de vasta destruição material e humana, afim de erradicar as escoria hipócrita e socialmente enquadrada que corrompe a humanidade, sendo muitas desta escorias as mulheres, especialmente as que são na realidade feministas, incoerentes e hipócritas que aproveitam de seu tempo, dinheiro do estado e marido vindo da mãos de obra masculina, e da suas vidas e suor para conspirarem e os difamarem directamente ou directamente e o qual a maioria dos homens não têm percepção ou são corrompidos por argumentos falaciosas, incoerentes e injustos…


Cito «As crianças nunca são parceiros sexuais consensuais, mas sempre vítimas» se assim é verdade, então as mulheres que abusam sexualmente segundo o que denuncie e elucidei acima mencionado devem também serem criminalizadas, bem como se estas não tem capacidade de expressão do que é certo ou errado mesmo tendo mais do que 10 anos e mesmo tendo maturidade sexual e desejo e necessidade sexual, e com consentimento e remuneração, especialmente as raparigas que são as que estão prol de interesse feminista, principalmente, deve então também ser abolido o aborto porque o feto se encontra nas mesmas condições mencionadas ou seja não se pode expressar e estará a ser vitima de privação de viver…

Citou também «A Santa Sé não deixará de desempenhar o papel que lhe pertence, em conformidade com a sua natureza e competência específicas, para combater o mal representado pelo abuso sexual das crianças, um crime que jamais pode ser minimizado nem justificado», escrito pela Jaane Haaland Matlary in “L’Osservatore Romano, edic. Portuguesa” de 19 de Janeiro de 2002, que alem de usar e abusar do nome da santa sé e de seus pontos de análise e de filosofia ética, bem como de decisão, não tendo esta competência para tal e representatividade e reconhecimento desta entidade religiosa, abusa e persuade de modo ilícito, hipócrita, mesquinha e ate demoníaca e sádica, com tais profanações deturpadas indirectamente anti-éticas, impossibilitando a injustificabilidade e a ditadura e não democracia e direito, liberdade e garantias do sexo masculino, como sua expressão e resistência e oposição ideológica e cientifica (a qual a própria é deturpada mediante estudos não isentos de interesses e feminismo, bem como vulneráveis a indutividade ou deturpação de analises), bem como deturpando a verdade e a tolerância penal ou sua percepção de culpabilidade parcial ou mesmo ausência de tal, mediante doença, sendo todas as atitudes, medidas e discriminações feministas sempre instigadas como sendo injustificáveis e não minimizáveis em termos de acusação e de acusação, bem como de ausência de culpabilidade feminina ou autoria, o contrario do que foi usado nos julgamentos dos casos de aborto (pressão de testemunhas de acusação, compra destas ou retaliação, para não fazerem prova indo contra e incoerentemente ao que foi proferido na investigação, bem como imparcialidade e minimização ou injustificabilidade de estado necessitante para cometer tais crimes, o qual poderia tal criança depois de nascer ser entregue a pais adoptivos e nunca ser esta responsável por tal criança ou mesmo conhecida em personalidade e nome, que alem mesmo sendo hipocritamente justificável ou minimizável de acordo com esta e incoerente com o acima extracto analisado tentam também instigar medidas de coação preparatórias e injusta mesmo sem ter provas concretas e viáveis, ao contrario das mulheres que cometem crimes de aborto ou demais que nunca são detidas ou é posta prisão preventiva, prisão domiciliaria ou prisão em sob algum meio e forma que ponha em causa sua liberdade em estado ou nação, podendo estas destruir provas e conspirar e se vingar ou pressionar, bem como pedir cumplicidades a demais mulheres de modo a se ilibar, bem como demais casos e em diversas formas mesquinhas, hipócritas, injustas e incoerentes…
Ate o próprio aborto se legalizado ou legalizados em muitos países que se dizem desenvolvidos mas que são retrógrados em termos de valorização dos direitos, liberdades e garantias, dos fetos ou seres vivos humanos, e que ate respeitam os direitos dos animais não humanos e logo não racionais, mas do que os próprios direitos humanos em certos contextos, assim também não respeitando os direitos dos homens do sexo masculino, bem como direitos de propriedade genética e reprodutiva, criminalizam o aborto provocado por terceiros, mesmo pelo progenitor seja mediante justificação por ter sido vitima de fraude sexual ou conspiração sexual, bem como por terceiros que se auto-defendem e ou que desconhecem tal gravidez (mas mesmo assim devem estes se auto-defenderem e se queixarem, embora na maioria das vezes as queixas não serem fáceis de como as queixas protegidas por interesses feministas que em principio e de acordo com os países são os suspeitos detidos e ate mesmo feito prova sem de facto ser tal prova verdadeira ou isenta e credível de acordo com a realidade, ou mesmo que sabem que esta não tem legitimidade de ter o que trás no útero…

No contexto do tráfego de seres humanos os homens ou o genro masculino, é o mais prejudicado, sendo escravizado, mal alimentado, não tendo prazer naquilo que faz, não podendo descansar ou parar, não poder ter seu próprio ritmo de trabalho, apanhando sol e castigos físicos como maus-tratos se não conseguir trabalhar mais ou em se recusar, sendo muito pior que o uso sexual, bem como não tendo benefícios ou capacidade de tráfego de influencias e de proximidade afectiva com terceiros que os possam ajudar tão facilmente como a prostituição pode ter, o mais negligenciado, o que menos se queixam ou dispõem de ajuda e de meios de defesa de seus direitos que possam mediatizar e dramatizar e fazer publicidade de tal como o feminismo o faz, sensibilizando alem da realidade como o feminismo o faz e criando conceitos de fácil memorização e repugnância psíquica, como a violência domestica em vez de maus-tratos, bem como deturpando a realidade e verdade, bem como os D.L.G e aceso a queixa, uso, informação e igualdade de privilégios, direitos dos homens do genro masculino em relação as hipócritas mulheres, bem como ate coagindo ou desvalorizando ou mesmo deturpando minimizando a queixa e a estatística dos maus-tratos cometidos a crianças, deficientes e idosos por mulheres, que é em caso maioritário na maioria mas só pode não ser de forma letal, porque estas devido a auto-estima e a influencia feminista não agem de forma quente deixam arrefecer e pensam mais ates de agirem de modo a destruírem provas e não serem denunciadas… A violência exercida por estas em relação a filhos e demais familiares, especialmente do sexo masculino, visto serem os mais atingidos, em não prestarem serviços habituais seja como tarefa profissional em casa, coagindo a alimentação e acesso aos alimentos a estes, bem como roupas e demais, bem como ameaçando e pressionando mediante violência psíquica ou se possível violência física de terceiros, ou destas seja com armas ou sem armas para consumirem seus actos e atitudes ilícitas…

Desafio todas as corporações feministas nacionais, comunitárias e mundiais, e as próprias correntes e intelectuais feministas que envenenaram a sociedade e a deturparam, bem com desrespeitam os direitos, liberdades e garantias, alem da igualdade em privilégios e direitos ou sua equiparação do género masculino, sejam estas portuguesas, espanholas e demais europeias e internacionais, a revelar suas hipocrisias, sádicidade, mesquinhes, incoerência deliberada, retaliação ou vingança (seja justificada ou não constitui em principio de ética e legal como justificável devido a certos princípios fundamentáveis e de igualdade, bem como devido a especulação, deturpação de justificações feministas e falaciosidade do sofismo feminista), desafio aos intelectuais habilitados de qualquer nível académicos ou habilitacional ou de mérito intelectuais adquirido por influencia social e cientifica, de qualquer idade, de qualquer pais, de qualquer religião, de qualquer sexo, que sendo estas/es feministas e ou defensores de ideias que corrompem o bem e a verdade, bem como os princípios comuns de cada religião ou direitos internacional, sendo em especial os D, L, G (abreviatura jurídica) do género masculino seja de forma reconhecida ou irreconhecível por quem se pronunciar directamente ou indirectamente contra, com especial destaque para todos os homens incoerentes, passivos, influenciáveis, ingénuos, ignorantes, egoístas, conformistas, sem civismo e ética sexual com seu sexo, subordinados pelo feminismo e pela dependência sexual, familiar e sexual de mulheres que os coagem na mais diversa forma e ou corrompem e manipulam suas convicções, ideologias e valores, bem como direitos.

Não é fugindo ou se conformando com os assuntos feministas imputados contra o sexo masculino, ou demais problemas que resolvera, fugir de um problema de certo género (não posso ser indutivo ou generalista), assim como não correlacionando e analisando silogismos e suas inferências indirectamente implícitas ou que não são objectivas mas estão camufladas com ideias iniciais, sendo ta uma arma muito usada pelo feminismo de criar e incrementar de modo indirecto iniciativas feministas, mas nestes tipos de questões (assuntos feministas) ou discriminações só apenas da tempo ao feminismo armar ciladas e vitimar mais homens, podendo mais cedo ou mais tarde acontecer a vocês mesmos ou a algum homem de que gostam, o qual vocês próprios estão condicionados por medidas feministas e de privilégios, bem como são inconscientemente e subconscientemente explorados sem serem retribuídos em formas diferentes, mesmo quando pensam que são os que estão a explorar (a não ser que exista uma exploração de valor mútuo e qualitativo e quantitativo, bem como por vossa negligencia, preguiça, contentamento ou falta de ambição licita e sensata, sendo o divórcio (divisão de bens em que deram mais do que as ex-esposas, o próprio relacionamento sexual e afectivo com mulheres algo que mediante grande maioria destas podem vos fazer ser explorados).

Muitas mulheres sejam feministas ou não procuram as magias ocultas / (querem acreditem ou não vale pelo menos tentar porque não tem nada a perder a não ser o dinheiro), geralmente magias negras e se comprometem com o diabo, bem como transferem poder esotérico de magia negra ou então de outro tipo de magia seja mediante bons fins como também podem servir para maus fins e para favorecimento sexual feminino e exploração, vingança ou conspiração feminista, a própria ciência como a bioquímica, a biologia e a medicina são ciências deturpadas pelo feminismo e usadas para coagir capacidades intelectuais, físicas e saúde os homens mediante criação de novas moléculas ou aplicação de moléculas actuais em produtos de uso masculino que afecte exclusivamente ou que seja destinado aos homens, bem como moléculas e demais substancias para promover as capacidades femininas e desenvolve-las alem da natureza, deturpando também a natureza e o próprio conceito de mulher seja físico, sexual, psíquico e mesmo intelectual.

A algum homem que se encontra entre a espada e a parede, sendo vítima de injustiça deve proceder de forma mais inteligente e esperta que o feminismo, o feminismo apenas olha a valores de forma superficial mas na realidade ignora-os ou tenta justificar mesmo sendo estes sofistas para omitir critica social, jurídica, institucional ou religiosa, ou sua consciência (todo o ser humano tem consciência seja esta pouca ou doentia), para o feminismo na realidade os valores não existem ou se existem são para as mulheres ou pelo menos maioritariamente, cabe a quem é mais inteligente e esperto dar a volta a tal e acabar com a hipocrisia do feminismo e cumplicidade ideológica, discriminatória e sexual das mulheres seja directo ou indirecto, a quem cometer um crime pode se basear em novelas, filmes, artigos de jornais, revistas que são mas media que podem e grande parte contem ideias, difamações e discriminações contra o sexo masculino, alem de violarem os princípios de lei de igualdade, deve usar armas, técnicas, procedimentos não violentas ou que evitam a defesa, manifesto e conspiração dando tempo e promovendo a prova de crime ou de cumplicidade, resistência, consciência e conspiração defensiva), sendo tais fáceis de dominar, rápidos, imperceptíveis e consciencializados, cobardes (assim como o próprio feminismo o é em muitos aspectos apesar de difamar os homens de cobardes, o qual grande parte de suas difamações são auto-denuncias, a cobardia pode ser entendida como esperteza de acordo com suas razoes, o terrorismo é umas das melhores armas de cometer a extrema injustiça ou incapacidade de defender direitos e interesses, liberdade, garantia e destruição de instituições e provas, bem como corporações feministas e jurídico-militares e policiais a favor do feminismo directamente ou indirectamente, bem como o terrorismo embora que atinja inocentes civis que não deve estar incluindo mulheres se não inclui homens civis (uma das maiores discriminações jornalísticas e politicas e sociais estimuladas pelo feminismo por reiterar o próprio machismo arcaico e sexista mas sob fundamentos de carácter natural e não deliberado como o feminismo o é). A incerteza a inconfiança, a prevenção pluralista e alternativa devem serem armas de sucesso social, politico, militar terrorista, a violência deve ser evitada mas na realidade a violência faz parte da natureza e faz parte da vida, qualquer animal ou ser é violento só que pode ser de acordo com suas capacidades, psicologia, ideologia e atitudes, mas seja consistentemente, sub conscientemente ou inconscientemente existe sempre violência seja violência materialista (violência física) seja por intermédio de terceiros e de ajuda ou uso de terceiros (o caso mas feito por muitas mulheres que hipocritamente não querem sujar as mãos), seja por meio metafísico ou seja por uso intelectual na manipulação da natureza que é materialista logo é física (como exemplo uso de substancias que provoquem doenças como medicamentos com efeitos secundários, um dos exemplos são os denominados anti-estrogénicos (provocam cancro dos ovários principalmente dependendo dos fármacos que podem pesquisar na Internet, revistas, enciclopédias de medicina e de farmacologia), carcinogénicos, mutagénicos (alteram os genes e logo sua vez provoca deficiências de longo ou curto prazo, ou neoplasias, iatrogénicos (provocam malformação fetal), uso do espaço para manipulação astronómica de meteoritos e emissão de

Uma das grandes mas do feminismo e a exploração e uso de recurso físicos, económicos, sociais e jurídicos e científicos como arma anti-masculina e como privilegio para benéficos, sendo os estatutos sociais, as influencias sociais como o tráfego de influencias para certos fins e que incoerentemente só é visto para políticos e certos casos que atinjam só os homens ou maioritariamente, bem como o uso dos conhecimentos científicos e tecnológicos logo isto todos conhecimentos de carácter intelectual, beneficiando quem sabe mais, quem aprende mais, quem tem mais capacidade de conviver com homens inteligentes (visto de facto haver homens muito mais inteligentes mas por inveja ou ciúmes por parte de muita mulheres coagidos e manipulados indirectamente por as mulheres que convivem alem de serem usados seus conhecimentos e extorquidos ou aproveitados por exploração intelectual por estas, tudo porque o saber, o conhecimento, especialmente o conhecimento pratico e filosófico ou perceptivo e psicológico ser essenciais para manipular a humanidade e sociedade, sendo isto tudo manipulado pelo feminismo ao longo que a qualidade de vida foi melhorando e ao longo do homem do genro masculino em 98% dos casos ou não exagerando um pouco menos, por estimativa, ter construído e tornado a sociedade desenvolvida e manipulando a favor da humanidade a própria natureza, sendo depois tais usados e aproveitados e adaptados para favorecer exclusivamente ou maioritariamente as mulheres…

As próprias estatísticas e estudos feministas são muitos falaciosos e deturpados não havendo de facto isenção sexual nesses estudos, tudo mediante a estimulação de medidas para as privilegiar injustamente e desigualmente indo contra os direitos do género masculino, bem como coagindo compulsivamente e histericamente atitudes idênticas ou parecidas, mesmo bem fundamentadas e verídicas do género masculino…
As próprias mulheres são beneficiadas em muitas profissões, começando pelas aquelas que exigem ao homem que use roupa, farda fixa estereotipada, bem como o corte de cabelo curto como o exercito não exigindo o mesmo as mulheres, alem da convocação do exercito por necessidade militar em tempos de necessidade de militares para qualquer cidadão masculino, ou podendo facultar o mesmo que é facultado paras as mulheres, sem falar doutras profissões como cozinheiros profissionais hoteleiros, politica e demais profissões de carácter formal para uso de facto como boa apresentação demonstrando ainda haver discriminação e atraso de novos estilos, roupas e estética do vestuário masculino, ate porque a maioria dos vestuários produzidos e inventados são feitos por mulheres e os pouco homens estilistas desprezam o sexo masculino por influencia indirecta do feminismo e ou são de pouca percepção e criatividade estética e de confortabilidade concomitante de vestuário também…

Em, casos gerais as mulheres são as que assediam oralmente mais os homens (bonitos e sem preconceitos e com capacidade irreverente de desafiar o feminismo na discriminação estética), sendo as mais atrevidas que assediam colectivamente homens (contra suas vontades e ou de modo impróprio e também local e situação) que aparentemente não pareçam de auto-defender ou tenham, temperamento psíquico muito estável, bem como sejam coagidos por mentalidades sexistas feministas ou machistas arcaicas que os coagem psicologicamente de se manifestarem, repelirem mediante uso da força e de oferecerem resistência física e psíquica e se auto-defenderem…

O feminismo alem de dramatizar e criar deturpando a justiça lei com objectivo de
Prejudicar os homens, tornando estes mediáticos de modo a subestimar, discriminar, estimular Feminismo e androginia ou androfobia de modo hipócrita, bem como tentando ridicularizar...

A maioria das mulheres tentam criar iniciativas discriminando os homens, criando iniciativas e argumentando falaciosamente nessas iniciativas sejam dias internacionais ou dias de comemoração feminista, um dos dias comemorativos, alem do dia da mulher, é o dia da mãe, em que estas tentam usar argumentos recorrendo ao determinismo feminino maternal biológico, bem como demais actos recorrentes do determinismo sexual mas que directamente ou indirectamente o homem executa ou ajuda exercendo meios e um papel primordial indirecto.

Se as mulheres tentam se super-estimar ou se elogiar sexualmente, embora sadicamente, hipocritamente e falaciosamente, tentam se elogiar e deturpar tudo o que o homem exerce por maioria ou totalidade de modo a feminizar e tentar assim estimular o elogio feminista e seu narcisismo sexista, bem como extorquindo mediante violência intelectual ou psicológica, os conceitos sexistas que tentam privilegiar as mulheres ou dar bom papel destas na família, na sociedade e demais funções exercidas maioritariamente ou totalmente por mulheres, ou em que os homens interessados são coagidos mediante discriminação passiva ou activa, indirecta ou directa. Se estas tentam hiper-valorizarem-se em certas coisas em que algumas são concretamente devido ao determinismo bio-sexual ou reprodutivo, é completamente superior os interesses dos homens serem superiores a estes (em tudo o quanto possível, mas coagindo estes de serem naquilo que estas executam ou que é habitualmente característica feminina de orgulho), sendo a ciência superior ao direito maternal, ao instinto maternal e demais instintos femininos, porque esta, embora corrigida por mulheres e a ser usado a favor destas, mesmo anti-eticamente, algo que foi criada, investigada, desenvolvida, resultado de martirização do homem (sexo masculino) sendo esta superior a todos os interesses ou valores feministas porque mediante a ciência se pode criar bebes sem mãe, o qual estas mediante o uso de bancos de esperma ou de manipulando sexualmente certos parceiros para engravidarem sem que estes tenha conhecimento, seja burlando ou fraudando o companheiro sexual dizendo que não aceita preservativo e que pretende ter relações sexuais normais, não havendo o risco de engravidar porque tomou a pílula ou não vai engravidar devido as fases do ciclo menstrual, bem como demais técnicas de anticoncepção em que estes não podem verificar ou se darem ao luxo de apurarem se é verdade, e que depois pode ser usado como arma de ameaça, ou para interesses pessoais desta, tentando ser pai e mãe das crianças que tem...

Muitas mulheres se CASAM APENAS PORQUE QUEREM TER FILHOS, O QUAL muitas ate gostariam de ter filhos e não estarem comprometidas com ninguém ou depois se casarem ou viverem com mulher bissexual...
A própria pílula para homens não é comercializada livremente e não é investigado outras pílulas muito mais eficazes de modo a apenas ser privilégio das mulheres em controlar a concepção e escolher sexo ou tempo de gravidez...
A maioria das mulheres mães e esposas quando entram em conflitos com filhas/os e com os maridos ou companheiros, praticam violência doméstica continuada ou maus-tratos retaliando em prestação ou confecção e disposição de alimentos, serviços domésticos se estas sua profissão for dona de casa, bem como praticam violência psicológica continua ou pausada de modo a instigar, que eles saiam de casa, se não for possível esta deitá-los fora de casa mediante a lei ou demais razoes, como também ameaçam e chamam familiares directos ou indirectos para se vingarem ou servirem de cúmplices, ate o próprio conflito com os filhos estas chamam e persuadem outros filhos imputado calunias ou difamações a se fazerem de vitimas e ocultados todos os factos do sucedido para tentarem manter a razão e inocência se possível total, por certa forma os maus-tratos executados por mulheres como retaliação ou mesmo por sua iniciativa ou em vingança a auto-defesa de filhos ou cônjuge, bem como mesmo não sendo por defesa e tendo estas a culpa e a iniciativa de tal conflito vingam-se de modo indirecto mantendo o ódio adormecido e conspirado ao longo do tempo, de modo a fazer violência psicológica e por a prova resistência psicológica de filhos e de cônjuges, bem como desafiando-os, com armas, sem armas sejam domesticas ou de vestuários tendo a cumplicidade de terceiros.
Existe casos de mães que pressionaram psicologicamente mediante violência domestica psicológica continuada e também ataques de violência fisica destas certos filhos, que embora se auto-defenderam não resistiram psicologicamente e evitavam conviver com estas, é um exemplo a denominada "capas" da freguesia do campanário, que vive acima da estrada comandante Camacho de Freitas, a qual sujeitando o filho a violência domestica fisica e psicológica, a qual agrediu mas este se defendeu favoravelmente, esta continuou a ataca-lo psicologicamente, vendo que não podia fisicamente e ate mesmo com certas armas, atacava-o indirectamente de modo psicológico bem como directo, o filho evitava estar em casa para a aturar, e o qual numa noite em 1999 vai andar de mota e tem um acidente de mota grave que acaba por morrer, também havia que salientar que apesar deste morrer por culpa desta e nunca ter denunciado a PSP ou ministério publico ter sido sujeito a maus-tratos quando maior de idade, também nunca mencionou ter sido sujeito a maus-tratos e ate trabalho infantil
Quando menor de idade, fosse tal violência fisica como castigo físico mas castigos de violência fisica e psicológica e também violência psicológica sob a forma de injúrias e na forma de coação de sair, de comer ou de dispor de algum bem doméstico...
Esta mulher popularmente chamada "capas" era compulsiva e violenta, não era casada mas já tinha andado em união de facto com 3 companheiros e tivera os explorado bem como ate sujeitado estes a maus-tratos fosse mediante armas ou aproveitamento para alcooliza-los e depois sujeita-los a violência fisica fosse com armas brancas ou domesticas ou apenas armas que não provocassem ferimentos mas que apenas magoassem ou mesmo demais tipos de agressão, como também de violência, teve filhos destes e foi viver com outros, o qual o segundo companheiro foi embriagada e sujeito a crime de burla, bem como demais crimes em tentar esta extorquir ou se aproveitar deste de tal estado para que estes assinasse documento de cedência de bens ou propriedade para nome desta, ficando esta com a casa e terreno, mas que devido este ser agricultor e não ter habilitações, bem como nuca procurar denunciar e não saber, as suas familiares nada conseguiram fazer a não ser ter esta a se vingar mediante violência fisica em atirar objectos, pedras e demais para habitação desta, alem de invasão de propriedade destas, injuriando-as e difamar, tentando as provocar, mas que mesmo chamando a polícia e fazendo queixa esta sempre foi tolerada pelo o tribunal da ponta do sol, pagando cauções em alguns processos e ficando sem provas outros processos em que conseguiu deturpar a verdade e comprar testemunhas ilícitas...
Esta tipa em 1998 injuriou e ameaçou um homem já com uma certa idade, e estando esta bêbada entrou em casa deste, com intenção de o agredir e cai se magoando, esta sai de lá e vai ao hospital ou centro de saúde do concelho da ribeira brava, e faz queixa de ter sido vitima de agressão identificando o suposto agressor injustamente, depois de decorrido o processo de investigação o qual não tenho conhecimento, esta arranja advogado, possivelmente nomeado pela a procuradora do tribunal da ponta do sol naquela altura, podendo esta ter tido direito a tal por ser domestica (embora apart-time) de sua casa, por ter filhos pequenos e por legalmente não estar a exercer demais profissões, exercendo esta outra profissão mas sem estar inscrita legalmente, podendo a procuradora de tal tribunal ser feminista (em vez de humanista) e pertencer a CIDM (sem isenção sexual e ética uni-sexual), bem como associação de mulheres juristas, e esta adquire versão e meios de prova falsos incriminando tal homem, o qual não podia ter advogado ou se teve pouco soube-se defender acabando por ser conformista e pagar caução aplicada ou mesmo também indemnização mesmo injustamente, isto porque este não tinha paciência para sair de casa e se deslocar, bem como dinheiro, e era pressionado por esta, bem como vivia sozinho ou com algum familiar popular, não tendo estes conhecimentos acabaram por não se defenderem e não darem luta e frente contra a hipocrisia destas magistradas desse tribunal…


A violência doméstica é consequente de violência feminina (quando feita por homens ou quando estes são considerados os arguidos mesmo injustamente) de carácter psicológico contra homens com alcoolismo, logo pouca resistência psicológica, bem como homens com psicoses, como esquizofrenia e doença bipolar, muitos destes foram vítimas de violência durante a infância por professoras, mães e demais, seja como correctivo ou não...
Também estes geralmente são vitimas de violência passiva sob a forma de chapadas, ameaças, sob objectos domésticos ou de vestuário, bem como arranhões e violência sexual, tentando atingir cobardemente os genitais masculinos, vistos estes serem externos em vez de internos, como os ovários, útero e vagina, nas mulheres, embora não comparável para um homem fazer a mesma coisa em termos de violência sexual ou para se defender de forma quase equiparada teria de atingir em soco ou em golpe bem os mamilos femininos, de modo a PROVOCAR O GRAU DE DOR QUASE EQUIPARADO.

AS MULHERES TEM CORROMPIDO A CIÊNCIA EM DEONTOLOGIA E TAMBÉM A EPISTEMOLOGIA DA CIÊNCIA, DETURPANDO OS VALORES ÉTICOS DA CIÊNCIA, A ISENÇÃO SEXUAL, O BENEFICIO SEXUAL, BEM COMO A PRÓPRIA FILOSOFIA E SUA APLICAÇÃO...
EXISTE MUITAS ASSOCIAÇÕES FEMINISTAS, PRINCIPALMENTE EM PORTUGAL, UMA DAS ASSOCIAÇÕES RECENTES, DEIXANDO DE PARTE A ASSOCIAÇÃO DE MULHERES JURISTAS, O QUAL PODE POR EM RISCO A PRÓPRIA ISENÇÃO DA JUSTIÇA, FOI CRIADA RECENTEMENTE
A ASSOCIAÇÃO DE MULHERES CIENTISTAS QUE PRETENDE TAMBÉM CORROMPER A CIÊNCIA E PREJUDICAR HIPOCRITAMENTE OS HOMENS, BEM COMO INCREMENTAR A DISCRIMINAÇÃO SEXUAL DO HOMEM NA CIÊNCIA E FAVORECER AS MULHERES, PRINCIPALMENTE
INJUSTAMENTE OU DESEQUILIBRADAMENTE. POR TANTAS ASSOCIAÇÕES QUE EXISTE POR TUDO E POR NADA, SÓ FALTA A
ASSOCIAÇÃO DE MULHERES PROSTITUTAS, BEM COMO A ASSOCIAÇÃO DAS MULHERES DA TANGA, ALEM DA ASSOCIAÇÃO DAS
MULHERES MENSTRUADAS E DAS MULHERES DE PENSO HIGIÉNICO, SEM FALAR DA ASSOCIAÇÃO DE MULHERES CRIMINOSAS E HIPÓCRITAS QUE DE FACTO É QUASE A MAIORIA DESTAS...

Todos os homens expulsos de casa, seja por violência fisica ou psicológica ou por meio passivo, em que seja atirado objectos fora de casa ou para o seu próprio corpo devem apresentar queixa na PSP como violência doméstica, bem como se deslocarem a APAV, e ao tribunal da família e menores, para falar com um
Procurador adjunto, ou mesmo tribunal judicial e falar com procurador adjunto, mesmo que estes não tenham razão no historial, suponhamos que é acusado de adultério, tal não é crime e portanto não deve ser tratado e nem sujeito a violência como retaliação, e se mesmo fosse crime não poderia, nem seria razão para ser expulso de casa, a única entidade que tem competência para tal é o ministério publico, e alem disso se a casa é deste muito menos tem que sair de casa,
Suponhamos que pagou a casa, tinha antes de se casar, era como titular então não tem que sair de casa, mas sim quem quer se divorciar, os documentos que descrevem o crime de maus-tratos físicos ou psicológicos, ou então violência domestica é ocultado aos homens e vem quase descritos em panfletos de
Associações feministas, dirigido a mulheres, portanto também tal descrição é para homens, embora discriminado por estas associações ou CIDM, o mesmo é para os homens, caso contrario é contra o principio da igualdade e é anti-constitucional, bem como deve o próprio a se queixar ao tribunal constitucional a comissão de direitos humanos, a amnistia internacional, ao supremo tribunal de justiça, ao
Tribunal de direitos humanos da união europeia, ao tribunal de justiça europeu a subcomissão dos direitos do homem da união europeia, podendo ser pela a Internet e a algumas associações de defesa dos direitos dos homens, embora escassas tem também a competência, alem da APAV, nomeadamente aos juristas do sexo masculino, visto a advogadas hipocritamente negligenciarem...
Outras discriminações ou injustiças devem serem denunciadas podendo ser pela Internet, caso contrario se não for feita justiça fazerem justiça pelas próprias mãos, quando envolve casos graves como abuso de auto-defesa por mulheres, conspiração criminosa, em que ponha a vossa integridade sexual e fisica grave em jogo, podem fazer justiça pelas próprias mãos, embora seja litigioso pode ser reduzida pena se demonstrada a negligencia ou falta de isenção das procuradoras ou juízas de direito na sentença ou acusação...também se forem mais espertos podem agir litigiosamente e forjarem as provas, como provocar desmaio
Na criminosa e coloca-la no banho com rádio para electrocussão, uso de medicamentos ou mesmo injectados, embora isto seja crime, mais grave será não haver isenção de magistradas sexualmente ou negligencia, podendo um individuo argumentar estado de necessidade desculpante e também coação de direito a defesa e de apoio aos serviços judiciais.
Um dos casos que ocorreu foi um abuso de auto-defesa premeditado por uma tipa no sítio de são João. No concelho da ribeira brava, em que a tipa depois de difamar o ex-namorado, ela esfaqueia-o quando este discute, ela atinge as virilhas (2 golpes), depois de discutir e argumentando que tivera sido por auto-defesa, por este ter lhe agredido algo que pode ser conspirado por esta, exagerado ou falacioso, iniciado por esta
E com instigação de tal, bem como esta ter dito que tivera faca por estar a comer um pêssego na altura em que discutia, algo de pouco improvável, tudo isto poderia ser conspirado por esta e por terceiros, como advogada e agentes de polícia, especialmente mulheres, ou mesmo amigos ou amigas...
O processo foi ao tribunal da ponta de sol, onde é presidido e constituído basicamente por mulheres magistradas, e não foi deduzida acusação, ficando tal homem no hospital Cruz de Carvalho isto é de demonstrar que a maioria dos homens que não sabem de direito, ignoram o código penal bem como demais ficam prejudicados, tal homem deveria fazer queixa ao conselho superior de magistratura, arranjar testemunhas nem que sejam falsas e ou fazer justiça pelas as próprias mãos se pouco improvável esta ser criminalizada ou indemnizá-lo...

Muitos outros crimes sádicos são feitos contra homens mas nunca são denunciados ou são negligenciados, deturpados ou sujeitos a retaliações indirectas, para coagir tal basta enviar e-mail as autoridades competentes, bem como consultar sites feministas, bem como conteúdos de carácter jurídico e social, especialmente
Dedicado e feito por mulheres feministas que de facto são hipócritas a começar pela CIDM.
A ordem dos advogados aceita também casos de denuncias e queixas especialmente de advogadas hipócritas que agem litigiosamente contra os direitos do homens, ou que não age favoravelmente e de modo justo, beneficiando
As mulheres, estes casos acontecem e devem de servir de conselho para todos os homens, bem como devem faze-los ficar unidos em prol da luta contra a hipocrisia feminista e da defesa de seus direitos, liberdades e garantias, bem como
Corrupção de direitos e de benefícios desiguais favoráveis as mulheres, especialmente criados ou instigados de forma directa ou indirecta por estas, camuflado sob a aparência de homens, sendo por exemplos o
Ministério da presidência, e demais que são instigados por estas associações e demais, não havendo associações de defesa dos direitos dos homens activa ou suficientemente competente para corroborar...
Todos os homens devem ler livros e publicações feministas sobre direitos das mulheres e usa-los porque também se existe igualdade deve existir equiparação e logo devem ser iguais, a excepção de alguns direitos sexuais que não haja equiparação possível mas também claro deve haver também para o homem, se houver discriminação, insultos ou difamação deve ser denunciado a comissão de defesa dos direitos humanos da união europeia, ONU, embora estas estejam cheias de mulheres que coagem ou podem deturpar informação ou e-mail, convém sempre enviar mais do que um e-mail, e as vezes ao presidente ou vice-presidente se for homem, porque a maioria das mulheres deturpa ou negligencia tais queixas.
Os jornais e demais comunicação social deturpa, negligencia e ou oculta as noticias que tem homens vitimas de crimes, especialmente vioelntos, existe ao longo do
Tempo caso horrendos sádicos de mulheres, mesmo havendo argumentos não é razão para fazerem crimes, se fazerem a vitima deve faze-lo em sua autodefesa, não importa como e quando, pode ser por meio de terrorismo ou vingança indirecta ou por outros meios, porque nem sempre a cobardia é sinonimo de terrorismo mas sim pode ser sinonimo de esperteza de acordo com as circunstâncias.
Existe meios de cometer crimes quase perfeitos por meio acidental e a maioria são feitos por mulheres, ou são de inspiração do cinema, o cinema embora muito fictício é muitas vezes arma de inspiração para crimes e ou difamação e subestimação hipócrita e ou falaciosa, bem como discriminação contra o sexo masculino, sem falar de demais conteúdo de mass media, como revistas femininas
E livros como por exemplo a hipocrisia e falsidade do "código da Vinci" e demais literatura seja ela denominada como real mas no fundo falaciosa, ou mesmo contos e demais, geralmente com o objectivo de fomentar o feminismo e de vender mais publicações porque grande parte da população activa, com saúde, e beneficiada profissionalmente, socialmente, judicialmente, na saúde, educacional mente serem as mulheres e serem as que devido aos benefícios e atitudes, bem como resistência psicológica e favorecimento e entreajuda feminista tem mais saúde, se cuidam mais, exploram os homens de acordo com o determinismo sexual e legislação que é fácil de deturpar a culpabilidade ou as penas, sendo tais as maiores compradoras de tais conteúdos, havendo portanto mais negocio...

Se for feito filme ou peça de teatro, publicação ou demais acções de mass media contra o feminismo estes são coagidos indirectamente, sujeitos a retaliações e fomentadas contra seus direitos, liberdades e garantias, bem como direito a liberdade de expressão e de defesa, resistência e demais…
A série norte americana feminista "donas de casa desesperadas" é uma demonstração da hipocrisia feminista, o qual num ponto de vista fulcral demonstra a luta contra o determinismo bio-sexual feminino das mulheres ou por o menos da maioria, bem como a hipocrisia e retaliação do feminismo destas...

Tenho conhecimento mediante um comentário de um homenzinho de tal localidade de uma tipa chamada "capas" pela vizinhança compulsiva e violenta, arguida em alguns processo anteriores de conflitos violentos com vizinhança, não casada, progenitora de filhos ilegítimos, exploradora de homens que conseguiu mediante violência fisica e calculada extorquir propriedade a um homem doente, passivo e alcoólico, incapacitado de se defender e com temperamento não agressivo, bem como estado físico degenerado, ficando com a casa deste, e sua propriedade mediante burla e extorsão fraudulenta qual vive na freguesia do campanário, concelho da ribeira brava, sitio da vera cruz (ilha da madeira), e que em 2000 mediante violência domestica com o filho tentou instigar o suicídio deste indirectamente, tentou agredí-lo mas este conseguiu se defender e para desanuviar psicologicamente este sai de mota e tem um acidente, tudo por culpa desta tipa, tipa altamente psicótica, mas com moderação social intelectualizada de modo a conseguir deturpar e não incorrer em detenções, aproveitou-se de muitos homens bananas e usava armas como navalhas para alguns conflitos em que não podia agredir ou intimidar, nunca sendo denunciada pelos crimes que cometera totalmente e pagando tudo sob caução ao tribunal da ponta do sol, quando teve conflitos com a vizinhança ou invadiu propriedades para destruição, o mesmo aconteceu com a Natália pestana (conhecida de bicha na mesma zona) que também faz a mesma coisa e já tem cadastro em tribunal, mas o qual foi beneficiada pela a presidente do tribunal da ponta do sol na acusação e na pena dos crimes que cometera segundo a informação de que foi dita por tal residente...

O feminismo criou-se devido mais a inveja de não ter as mesmas coisas que os homens ou não fazer coisas que estes fazem ou faziam, e o qual hipocritamente o feminismo restringia os privilégios ou demais atitudes, funções ou serviços que eram para mulheres apenas ou eram considerados, bem como devido a fuga dos estereótipos femininos e a fuga ao determinismo sexual feminino ou fuga temporária e ou adulterada…
O qual actualmente as mulheres discriminam os homens e tentam ser melhores e se valorizarem por tudo e por nada, especialmente as feministas, e coagem os homens de serem ou de fugirem ao seu determinismo sexual bem como de ter a mesma liberdade em que estas tem em poderem desempenhar, aprender, exercer, usar, se comportamental, e usufruírem de privilégios, funções, serviços sejam estéticos dos mais diversos como também vestuário, alem de liberdade de atitude, de estética e vestuário, de defesa e direito, de concorrência ou privilegio laboral, saúde, social ou politico e jurídico…

Muito demais hipocrisias e assuntos da hipocrisia feminista não vem em revistas, não são denunciados e não são julgados, bem como sentenciados devidamente, isto é um dos exemplos da hipocrisia feminista existente em todo o mundo, mas especialmente em Portugal, e especialmente na ilha da madeira, e Açores...

O aborto é um dos crimes mais hipócritas do feminismo, bem como cobarde e falacioso em termos de direitos da progenitora em ir contra a natureza e em tomar controlo, é muito pior do que o homicídio, e sendo assim muito pior alem de ser nada comparável ao homicídio do que a violação por violência fisica, maus-tratos físicos muito graves e demais o qual é muito cobarde por não ser possível a criança dentro do organismo poder se manifestar ou se defender, a maioria acontece as
Crianças que são vitimas também de crimes por mulheres, sendo estas as que em numero e conscientemente agridem mais, mesmo sob argumentos verdadeiros e sob carácter pedagógico, por violência não se educa, nem podem ir contra as liberdades e garantias de ninguém sendo o ministério publico de acordo com a lei a quem compete fazer justiça...



Os homens discriminados podem também poder auxilio ou se filiarem na associação 26-4, uma associação de defesa dos direitos do homem do género masculino, em Portugal, mais propriamente de defesa dos direitos paternais, mas também esta ligada a outras associações de defesa e luta pela igualdade e direitos do sexo masculino, o qual todos os homens devem se unir e combater a hipocrisia das mulheres, especialmente as feministas e ou feministas hipócritas ou radicais, ou mesmo simplesmente feministas, denunciando e instruindo criminalmente seja nacional ou comunitário tudo o que for contra o principio da igualdade artigo n.º 13 da constituição portuguesas, bem código penal e civil...

joana
</a>
(mailto:juanweb@mail.pt)


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.