De Anónimo a 4 de Outubro de 2005 às 05:50
The hypocrisy of feminism against men rights, side effects on Bandar Abbas corruption of justice and human values and right and even justice and right meaning gravity and evidences (follow text in written in Portuguese comment )
And also the negligence and passivity of the international human rights organizations


É uma autêntica hipocrisia feminista e aceitar e ate mesmo apoiar indirectamente, a acções sádicas, arcaicas, demoníacas e contra dos direitos humanos e ate estimuladoras de violência, feitas contra os 4 rapazes, que tinham 17 a 23 anos, havendo um que tinha menos de 18 anos, o qual 2 acusados de violação sexual (o qual pode ser autentica hipocrisia e deturpação de provas desta bem como não é nenhuma ofensa que ofenda fisicamente grave, bem como pode não usar violência física grave por vezes ou mesmo na realidade mais vale matar e destruir corpo) a uma tipa que assaltaram, os quais foram enforcados os 4 em praça publica, sendo este uma pena terrível e sádica pior ou igual ao terrorismo o qual estes jovens se fossem espertos e inteligentes deveriam possuir bombas consigo e explodirem ao pé das feministas que desencadearam tais atitudes, bem como ao pé do procurador dito revolucionário (radical e contra os direitos humanos seja para vitimas ou arguidos) de Bandar Abbas, a sua do pais, no Irão, os outros 2 foram acusados de furto e sequestro (aproximadamente), o quais também foram sentenciados, logo quem vive em países assim mais vale ser terrorista mas principalmente terrorista esperto destruir acções feministas que vão contra seus direitos, liberdades e garantiras, bem como policiais e judiciais que estão corrompidas, o qual nem a amnistia internacional se pronunciou e nem a ONU…
Uma verdadeira democracia não tem pena de morte e defende os direitos e a defesa e procura da verdade dos factos, bem como trata os arguidos a margem dos direitos humanos enquanto arguidos não indo contra sua integridade física de modo directo, bem como sua vida, se assim for então mais vale destruir essa farsa e destruir severamente a população toda de tais países e regiões, mesmo que envolva inocentes, ou então mísseis disparados do espaço que podem destruir o planeta terra numa só vez, indo pelo ar muita hipocrisia feminista e milhares de anos de desenvolvimento humano…

A maioria dos homens alcoolizados quando chegam a casa são sujeitos a violência psicológica pela mulher e posteriormente a violência física passiva ou não, o qual a maioria das hipócritas feministas tentam deturpar e coagir que estes se defendam e que não façam queixa ou que não seja reconhecido tal direito privilegiando as mulheres apenas, ate mesmo se este se defender e ter exagerado na sua auto-defesa, ate porque é justificável por estar bêbado e pouco consciente do que esta a fazer em controlado a ira que lhe foi descarregada em cima por parte da agressora inicial, em alguns casos, visto noutros o alcoolizado mesmo inocente e que não pegue é vitima de agressão, mediante ajuda de familiares directos ate mesmo de filhos em que mãe persuade e se arma em vitima para ajuda-la a agredir, nestes casos a vitima alcoolizada tem toda a legitimidade em utilizar armas apara se defende de ameaça colectiva contra sua integridade física e vida, deve fingir de casa e ir a policia participar, bem como associação neomachista, alem de alcoólicos, bem como deve passar em farmácia e comprar medicamento para acelerar o metabolismo do álcool, afim de ficar mais sóbrio…
A maioria das mulheres crápulas, monstras, cobardes como estas tentam difamar nas revistas e em panfletos da CIDM e demais associações, assim como novelas, séries e filmes, alem de hipócritas, as quais agridem o marido e depois levam nas trombas fazem-se passar por vitimas e ou mesmo nem levam e fazem-se passar como método de divorcio conspirado e extorsivo, tentando culpar o marido com provas ou sem provas, e muitos dos quais nem aparecem em esquadra ou não falam com procurador adjunto ou advogado da APAV e ou demais associações neomachista ou defensora dos direitos do homem ou direitos humanos para instruírem judicialmente acção contra tais criminosas ou para se defenderem de processo injusto e hipócrita destas…
O qual por vezes mas vale matar conspiradamente estas caso se dificultado as condições de justiça, ate porque pode saturar psicologicamente suas resistência e intelecto, bem como economicamente, ao contrario das mulheres que são apoiadas economicamente em recursos humanos por as associações feministas, e terceiros ligados a tais…



É uma autentica hipocrisia como a besta feminista da Albertina Rodrigues, presidente da associação presença feminina, deturpa a religião usando-a apesar de mesmo criticando ao catolicismo e ir contra o determinismo sexual das mulheres na religião católica, indo talvez contra alguns princípios justificados e necessários, usar e comentar hipocritamente, tão hipócrita como o diabo pode o ser, usando o que foi dito pelo papa João Paulo II no ano internacional da família, o qual não discriminara sexualmente mas esta mediante manipulando a favor do feminismo e deturpando-o tentou instigar irrealmente, sadicamente e criminosamente contra o sexo masculino, embora que tenta escrever de forma sensata e equilibrada implicitamente não esta sendo e tem objectivos discriminatórios e persuasivos subjacentemente para instigar impressão positiva de tal organização…
Existe mulheres deturpadas pelo feminismo e feministas hipócritas ou não, que quando ouvem de alcoolismo associam tal a maus-tratos ou a violência familiar em vez de domestica que é algo que foi criado pelo feminismo (USA e EU) para tentar pressionar psicologicamente os homens e mulheres em termos de conceito. Estas tipas discriminam sadicamente e sob satisfação a morte de algum homem que morra de cirrose alegando dizerem terem sido por especulação agressor, pondo de parte a alternativa de ter sido uma hepatite que originasse tal, bem como de ter sido vitima em vez de agressor ou então de ter sido agressor mas também vitima, defendendo-se também e agredindo como fora agredido seja fisicamente e ou em resposta de agressão psicológica grave e depois fisicamente sob tentativas realizadas ou falhadas por a agressora que desafiara e agredira, bem como estimulara tal conflitos…

Devido ao narcisismo, erotismo, lesbianismo e ou bissexualismo, estética e feminismo ideológico das mulheres numa grande maioria são muito poucas que agem de forma igual aos homens por querem se afirmarem serem melhores e por as próprias feministas hiper sensibilizarem e dramatizarem o consumo de álcool e tabaco em mulheres, assim como demais drogas…

Em resposta, as mulheres jornalistas (RTP 1, SIC e TVI) que escrevem as notícias de rodapé ou as que seleccionam, principalmente a quem faz as da RTP 1, as quais tentam, instigar o feminismo mediante publicação de conteúdo feminista ou correlacionado, bem como discriminatório contra os homens, tentando estas corromper os valores éticos, morais, religioso e direitos dos homens.

É autentica hipocrisia mulheres que defendam o aborto, tentarem usar estudos cientificas com possível falta de credibilidade e isenção sexual na conclusão e estudo da capacidade de fetos sentirem doer durante o aborto ou seu estado de desenvolvimento ainda ser prematuro, tudo de modo a tentar favorecer o aborto ou a morte de crianças a nascença, digo que é autentica pena o aborto não ter sido feito a estas porque assim não estariam a infernar e envenenar a sociedade, bem como os homens e seus direitos paternais, bem como ate hipocrisias sua criminalização em aborto provocado por estes, bem como em gravidezes conspiradas e contra sua vontade…


É autentica hipocrisia e incoerência chamar certos homens de criminosos por terem provocado aborto sem consentimento da progenitora, mesmo ate sendo estes os progenitores, quando são as próprias mulheres que querem assassinar e assassinam hipocritamente fugindo e pressionando a justiça deliberadamente e sociedade politica e geral para descriminalização, alegando ser seus corpos, tal é hipocrisia e mesquinhez, porque geneticamente não é só de sues corpos, bem como biologicamente, e depois pertence a natureza e tal é propriedade da natureza não destas.

A quem difama de cobardes a um homem que age a foca com uma mulher, é uma autentica cobardia, hipocrisia e discriminação dizer e defender tal tese, é cobardia haver mulheres e homens pensarem que por ser mulher um homem terá de ter tratamento diferente, ao contrario destas que por ser homem teriam tratamento ainda pior e mais sádico do que fosse mulher, a isto é dar confiança e é o que as associações feministas hipócritas e sádicas pretendem ao longo do tempo instituir e tentam instigar indirectamente mediante novelas, como a «a escrava Isaura» e demais produções televisivas…
As mulheres, que arbitram desportos masculinos devido a não isenção sexual tomando atitudes sádicas e mais duras contra os jogadores do sexo masculino, bem como tentando diminuir a produtividade e espectáculo desportivo masculino a fim de ser inferior ao feminino ou ser igual ao feminino…
Um dos exemplos é o campeonato de basquetebol masculino na Europa, sendo esta a partir 15 de Setembro de 2005 a data que uma mulher vai arbitrar pela primeira vez um campeonato masculino podendo não ter isenção sexual indirecta na arbitragem…


The women who arbiters the male sports competitions has no sexual impartiality when it is men playing, turning the game Hard in disciplinarily attitudes and behavior than the female competitiveness, trying to reduce the competition and entertainment in male games just because to be less in quality than the females games or to have the same game level of quality.

Os trabalhos feitos por homens são invadidos por mulheres, os quais estas tentam roubar os empregos a estes em áreas produtivas e mecanizadas e menos duras, como a industria automóvel e demais actividades, relativamente aos trabalhos realizados maioritariamente por mulheres e que tenham boas condições de trabalho e de remuneração ou que seja de interesse mutuo são discriminados aos homens e estes são coagidos para irem para trabalhos piores…

É autentica hipocrisia feminista certas jornalistas fazerem destaque de assuntos sexuais, de modo a estimular a hipocrisia feminista e o feminismo, não justificando ou não podendo certas condições motivadas na pratica de algum litigio, o facto de haver incesto de um pai ter violado uma filha de 5 anos de idade, sem usar violência e ate sem esta ter sofrido, ou mesmo sendo acusado injustamente de algo que possivelmente nem fez ou não consumido, muitas vezes feito deliberadamente por a sua parceira ou conjugue deliberadamente, a fim de beneficiar com tal, sob o titulo de mais uma detenção. Algo escrito por mulheres jornalistas e seccionado por estas e que revela autentica hipocrisia destas bem como negligencia em escreverem e seleccionarem noticias de crimes cometidos por mulheres, ou pelo menos justificavam ao contrario dos homens…

A MAIORIA DAS CRIANÇAS DO SEXO MASCULINO NASCIDAS SÃO MAL TRATADAS passivamente do que as crianças do sexo feminino, por as próprias mulheres que executam tais funções obstetrícias e neo-natais.

É autêntica hipocrisia dizer que 70% das mulheres são pobres se existe mais mulheres do que homens, estas são mais preguiçosas em exercer trabalhos duros, exercem trabalhos mesquinhos e de pouca relevância profissional para satisfazerem seus caprichos, alem de desviarem atenção e tempo para extorquir dinheiro aos homens trabalhadores…


Na televisão vem muitos crimes cometidos por homens mas crimes como trafico de droga e muitos cometidos por mulheres não vem, um dos exemplos foi uma mulher ter vindo de Portugal continental com droga inserida na vagina, sendo esta uma das piores do que a hipocrisia de crime do que violação e crimes de agressão, sendo a droga o maior destruidor social e humano…


Os desfiles, erotismo e demais assuntos de estética ou sexo, subestima indirectamente os homens, e estimula o narcisismo feminino, bem como o feminismo seja hipócrita ou não, a discriminação do homem ainda continua a ser feita de forma descarada e hipócrita, bem como com restrições em estética e cosmética, bem como vestuário inibindo a sensualidade masculina ou a deturpando de modo a ser inferior da sensualidade provocada pelas as mulheres...

A própria associação de mulheres contra a violência é uma associação hipócrita que apenas pretende criar melodramas feministas hipócritas como sua constituição e criar direitos especiais as mulheres e coagir os direitos dos homens, bem como sua liberdade e direito em se auto-defenderem por violência fisica ou psicológica, mas não coagirem e ate hipocritamente e mesquinhamente ou mesmo satânicamente apoiarem a violência feminista. É uma autentica hipocrisia esta se aproveitarem do que outras associações e a UNICEF que tem mulheres a deturpar a lei e com conceitos para prejudicar apenas homens em relação aos abusos sexuais de crianças, embora que não consiste em abuso muitos casos porque existe consentimento especialmente quando jovens e o qual não há equiparação de litigio para os abusos sexuais feitos por mulheres, o qual estas não são criminalizadas e se aproveitarem para adquiri a maternidade de criança (objectivo implícito quando criado conceito) bem como para obterem outros benefícios. Só deveria, ser considerado abuso sexual, os crimes em que não houvesse consentimento e pagamento de serviços, bem como se a pessoa fosse violada com ou sem violência e passividade ou prazer de tal criança, um assédio não seria abuso sexual, mas assédio de crianças (muito normal as mulheres fazerem como tocar nos genitais como forma de prazer ou quando prestam serviços correlacionados com tal profissão).



A hipocrisia das mulheres que se dizem ou são vitimas de violência domestica

The hypocrisy of the women who says that they are victims of domestic violence

La hypocrisie de ces femmes que dirent être victimes de violence domestique
La hipocresía de mujeres que dicen ser víctimas de la violencia domestica



Relativamente ao que foi dito no telejornal da RTP 1 (Portuguese television but probably further world wide TV channels), num documentário falaciosos relativo a abertura das salas de apoio a vitima, em que houve um rapaz ou um homem a dizer «mãe o pai tem a tesoura», o qual hipocritamente este rapaz ou em caso particular disse tal, dando a ideia de que os homens são os culpados de violência doméstica e que agem mediante armas, isto é uma autentica hipocrisia feminista e autentica falácia, bem como muito indutivo, primeiro porque quem utiliza armas nos caso de violência doméstica são as mulheres, segundo a arma é uma arma (tesoura) muito utilizada por mulheres, certamente se fosse um homem seria uma navalha, terceiro utilizaria arma se não pudesse se defender ou agredir, ou responder exercendo resistência seja esta ilícita ou não, quarto a maioria dos filhos devido ao instinto materno tem mais ligação com as mães do que os pais, e são mais depressa persuadidos mesmo falaciosamente ou mesmo parcialmente ou não mentira pela as historias das mães que se afirmam serem vitimas de violência domestica. Outra questão é que a comissão de igualdade defesa e dos direitos das mulheres ligada a comissão para instrução de pedidos de indemnização para vitimas de crimes violentos, a qual constituída por mulheres em maioria ou totalmente, encargos de decisão, e também ligada ou derivada da comissão de igualdade defesa e dos direitos das mulheres (CIDM), tem vindo ao longo do tempo a conspirar em resposta a ataques contra o feminismo e sua hipocrisia, bem como em resposta a ataques de outros e a estes comentários, reivindicações que reflicto, estudo, lei, analiso e escrevo, a qual hipocritamente e sem um pingo de ética, porque a ética para os homens não deve de haver quando sãos as mulheres em causa, na opinião destas, a qual não se admira de serem lésbicas mas principalmente lésbicas não afirmadas, e de grande ódio embora controlado e camuflado contra os homens principalmente contra os homens que defendem seus direitos e defendam o seu sexo ou a hipocrisia de que os homens são vitimas, tentando promover por este meio o lesbianismo a androginia e ou androfobia por a parte das mulheres, bem como a
Auto-discriminação, privilégios, primazia, discriminação sexual negativa dos homens pelo os próprios homens que estupidamente ou por baixa capacidade de resistência e oposição intelectual e psíquica, bem como social ou económica e jurídica se deixam tornar feministas, muitos dos quais ficam sem auto-estima sexual ou se auto-destroem e se deixam explorar economicamente, socialmente, em valores feministas e machistas arcaicos como o cavalheirismo ou a primazia feminina só por ser mulher e demais discriminações, facilidades e privilégios a que estas hipocritamente dizem afirmar ser igualdade, se existir igualdade de facto só deve ser para as mulheres mas nunca para os homens, no ponto de vista destas, não existe duvidas de que estas em parceria com demais mulheres e homens subordinados que pouco se importam do que serem bem vistos por estas e ganharem a sua remuneração ou em pensarem estarem a serem sensatos em se tornarem sexistas, nomeadamente feministas em vez de humanista ou mesmo neomachistas defendendo mas respeitando os direito das mulheres, embora exijam o respeito dos direitos, liberdades e garantias dos homens bem como os defendam e analisam tentando ajudar no que seja legitimo e justo ser necessário, mas em suma, pretendo afirmar que tal homem que relatou assim como demais apesar de ser homem não quer dizer que tal seja verdade, ou que a tal mãe deste não tenha culpa ou mesmo tenha agredido o pai, mesmo se este não se poder defender e tenha que buscar uma arma para se defender ou mesmo assim se apenas este tenha dito devido a contracto ilícito e anti-ética sexual sendo comprado ou contratado para dizer tal, quem diz uma coisa tem que comprovar e teria que contar toda a verdade e não apenas umas partes podendo dar a ideia errada do que na realidade o é, também não existe duvida de que um homem alcoolizado não age por consciência, seja alcoolizado com esquizofrenia, doença bipolar e demais que com comportamentos anti-sociais graves ou não tem culpa mas sim a doença e os factores que o tornaram assim, no caso do alcoolismo muitos dos factores são culturais, vindos da altura do salazarismo e da própria ideia do uso e beneficio falacioso das bebidas alcoólicas, bem como na impossibilidade e “incultura”, bem como facilidade de compra e aquisição de bebidas alcoólicas para servir como terapia psico-analéptica, anti-psicótica e ou anti-depressivo para ficar e desanuviar dos crimes passivos mediante violência psicológica a que este é sujeito pela companheira ou mulher, a violência psicológica é muito comum das mulheres, a violência vem na forma de discussão e restrição de liberdades e direitos a que o homem tem direito, bem como provem em alturas em que este não tem renitência psicológica para ser confrontado com discussões ou alerta de consciência, ou seja se um homem esta alcoolizado não deve ser sujeito a violência seja física ou psicológica, bem como é mais vulnerável a ser vitima de violência psicológica, bem como física, só que devido a alguma hipocrisia e ou irracionalidade de mulheres que pretendem agredir ou ficam histéricas e compulsivas agridem psicologicamente e depois agridem fisicamente, mesmo sem haver resposta da vitima inicial e as quais depois de verem que não podem se queixam e se fazem de vitimas, bem como não fogem e não confessam a verdade, e não mudam de atitude dissipadora e preventiva licitamente, ou seja não viver ou fazer acordo ou ultimato extra-conjugal se não possível ou intra-conjugal, bem como em não admitirem que foram, as que provocaram e tiveram culpa de tal, bem como em não terem procedido correctamente, seria portanto procedimento correcto esta se vise o companheiro embriagado, não o retaliar e não falar com ele ou conviver deixando-o a parte ate recuperar a bebedeira e recuperando da ressaca, depois de tal sensatamente, calmamente deveria falar com este e ajuda-lo a procurar ajuda para tratamento, bem como corrigir seus comportamento, atitudes em relação ao marido ou determinando a influencia e ideias desta e ou de terceiros que o fizessem a se embriagar ou agir mediante alguma indignação contra tal cônjuge…
Os crimes de maus-tratos físicos muitos graves geralmente quando cometidos por homens devem-se a estes serem alvos de resistência ilícita, a serem alvos de violência física e psicológica, muitas vezes também sexual das mulheres, seja como agressão sexual aos genitais masculinos, bem como em violência psicológica sexual falando mal do homens, buscando e discriminando só homens com conversas feministas e sendo assim também hipócritas e falaciosas, ameaçando, difama-los e subestimando sexualmente, e pondo em causa a sua identidade, instigam o determinismo sexual bem como integridade fisica e sexual, alem de tudo isto ser feito a homens que tenham perturbações mentais passivas ou activas, alguns sob efeito do álcool para agravar mais a sua resistência e incapacidade de racionalização e consciência, ou mesmo sem patologias graves psiquicamente apenas grande quantidades de álcool é o suficiente para não deixar o cérebro funcionar bem e ser mais vulnerável a violência psicológica por estas, nem que seja por o facto de terem a liberdade em beberem, em praticarem adultério seja por sedução conspirada de outras mulheres ou não, o qual tem a liberdade e as mulheres também fazem ou podem fazer o mesmo, bem como a solução não é discursos quando este esta bêbado mas sim depois de recuperar o qual deve ser deixado em paz e a dormir, e depois ouvir mas calmamente e não histericamente os conselhos ou ajustes entre ambos os cônjuges, já presencie cenas destas em que umas mulheres faziam violência psicológica contra o marido devido a este estar apenas bêbado ou ter feito involuntariamente um pequeno estrago sem ter este culpa ou consciência de tal, bem como este era maltratado mediante violência física passiva como descarga psicótica da mulher, havendo mulheres que ao saberem riam e ate ajudavam ou diziam para lhe dar mais ainda, e o qual depois diriam o contrario se este se defenderem, ou respondesse dizendo não ter razão, o qual tem todo o direito de se auto-defender principalmente quando se encontra mais vulnerável, sendo também dever de pedir ajuda ou chamar a policia ou associação para ajuda-lo a se defender e coagir agressão, bem como leva-lo a hospital para desintoxicação ou deixa-lo dormir num local seguro e confortável ate recuperar da ressaca ou então perturbação psíquica ou mesmo violência provocada voluntariamente pela a sua mulher, bem como demais, incluindo filhas/os os quais hipocritamente defendem a mãe por ser esta que vive mais com eles ou tem mais proximidade, por haver maior elo de ligação, por esta não se esquecer destes quando consiste a alimentação ou necessidade de fazer compras, ou fazer refeição ou a outros haveres, isto em certos casos, ou por esta não agir comparadamente igual ao pai quando esta agride os filhos mediante a intenção de descarga entendida como correctivo, principalmente por estas não serem alcoólicas ou o próprio feminismo tentar restringir e apenas estimular os homens a que bebam mas não as mulheres por serem mais sensíveis ou desaconselhado, havendo também discriminação e incoerência do próprio feminismo em apenas querer estimular o mal mas como forma de promover o feminismo e em terem mais mulheres em organizações e bem mais direitos femininos ou privilégios, alem de tentar incrementar a discriminação masculina e odeio, transsexualismo masculino, embora estas estejam contra porque o que realmente querem são privilégios e direitos anti-igualistas que as façam como rainhas e donas do mundo…


Existe muitos crimes cometidos por mulheres que são muito mais impugnantes do que a hipocrisia feminista em dizer que o crime de maus-tratos são violentos, violentos seria então ao esfaqueamento, partir braços voluntariamente, uso de armas domesticas e demais muito usual e habitual das mulheres, provocando ferimentos graves e lesões físicas graves, mas principalmente incapacitando e afectando órgãos do organismo humano, o qual é muito habitual ocorrer a homens provocados por mulheres, seja estas psicóticas, ou não, mas geralmente não alcoólicas e com manias passivas de estarem a fazer correcção mediante uso de violência física e psicológica, bem como em restringir as liberdades e garantias destes em fazer algo que os de prazer ou que tenham necessidade, podendo tal ate ser beber alguma bebida alcoólica ou embriagarem-se o qual não é sinonimo de fazerem mal aos outros, o qual se forem alertados que estão a perturbar ou se forem sujeitos a violência psicológica principalmente teriam de agir a força por não terem capacidade psicológica de serem ouvidos e de resolver a situação, ou em se defenderem para poderem não ser perturbando…

A maioria dos casos de violência doméstica são sempre incutidos e feitos por mulheres, um dos casos demonstrados é o próprio programa «fiel ou infiel», da TVI, que ao longo do episódios anteriores e actuais revela que as mulheres tendo ou não tendo razão vem sempre agredir o homem mas em vez de ser violência que deixe marcas físicas é sob estaladas e demais atitudes e comportamentos agressivos, alem de ameaçarem e sexualizar as injurias, bem como descriminarem e agirem com grande pressão psicológica, as quais cobardemente agem sabendo também que tem que as defenda se a vitimas homem se defender desta ou mão se defender proporcionalmente ou mesmo um pouco exageradamente, sem falar do uso de sapatos, vassoura e demais, sendo ate mesmo ameaçados de injurias contra sua integridade sexual e também ridicularização sexual ( o quais tenho conhecimento de realidades sádicas ocorridas contra os homens mas não conto para não dar inspiração as feministas que vão ler este conteúdo)…
A maior parte dos jornalistas são mulheres, principalmente quando se trata em reportagens ou noticias do âmbito social, laboral e jurídico, as assistentes de informação, especialmente as assistentes de informação da RTP e demais canais com grande índice de feminismo são as que conspiram e agem anti-deontologicamente e anti isenção, bem, como deturpando o realismo e o bom senso, alem do principio da igualdade na constituição portuguesa e ate direito internacional, como direitos humanos, game a favor da vitimação feminista e dos interesses defendidos e estimulados pelo feminismo tudo de modo a serem privilegiadas e explorarem em vários âmbitos os homens. Também não é de deixar de parte que muitos homens intelectuais se deixam levar pelo feminismo, são conformistas, não tem ética sexual masculina em defender o seu sexo e coerência em sim mesmos enquanto homens, vendo estes que a maioria das mulheres não agem como estes e não tem nenhuma ou se as tem é forçadamente para não ser ilícita isenção sexual ou então isenção sexual hipócrita…

É hipocrisia do feminismo aquilo que deu na RTP 1, no telejornal, sem por de parte demais outros conteúdos seja de outros canais, jornais ou revistas, a qual mostra fotografias encenadas e falaciosas e falsas para incutir hipersensibilidades de tal e hipervitimação, a qual sendo irrealista, hipócrita e falaciosa, corrompe a verdade e difama violentamente o sexo masculino, bem como demonstra a hipocrisia e mesquinhez do sexo feminino, especialmente dessas mulheres que conspiraram tal encenação, contactaram e remuneraram, tentando por as mulheres apenas como vitimas, discriminado as salas de apoio a vitima como salas apenas para idosos, mulheres e crianças, sendo idosos porque a maioria são mulheres, devido estas executarem trabalhos que ajudam na sua saúde, auto-estima e cuidados narcisistas ou de saúde, ate porque os homens sãos discriminados e negligenciados e coagidos na saúde e na capacidade de se queixarem sendo muitas vezes ridicularizados e pressionados a negligenciarem os seus problemas e a se queixarem, principalmente as autoridades competentes, dizendo também por hipocrisia e deturpação estatística que 60% sãos os cônjuges ou companheiros que agridem, não especificando se agrediram em auto-defesa ou por excesso de auto-defesa desviando tal dissipação de violência psicológica ou física pela companheira, em violência física que o incapacitasse de agredido ou de opor resistência…

Os próprios filmes são uma indicação da sádicidade feminina, havendo muitos filmes de carácter sexista e do uso da violência tendo ou não tendo razão, apenas pode ser coagido e detido mas nunca sujeito a violência, o mesmo é que nos casos reais a detenção não é executada ou se é sob violência, enquanto se uma pessoa se for vitima de violência deve fugir e chamar policia, ou depois mais tarde resolver a situação sensatamente com ou sem protecção, não havendo necessidade de agir ilicitamente e ou agredir sexualmente, usar armas, ou auto-defender-se exageradamente sendo tal ilícito e sob vários conceitos de ilicitude, bem como agindo depois de ter provocado o incidente sendo tal sua autoria…
Esses filmes é na realidade um manifesto da hipocrisia e sádicidade feminista, que devido a lei e devido a demais factores, seja de capacidade física ou não, o qual é deturpada o conceito de capacidade física e praticado doping ou criado ou inventando doença que afectam o desenvolvimento e saúde dos homens mediante mulheres investigadoras, bem como produtos de cosmética de doping e ou medicamentos só para mulheres, coagindo estas de venderem ou respeitarem o direito e liberdade deste comprar e suar o que quiser, bem como deturpando o determinismo fisiológico feminino e tentando por todas as características masculinas positivas do homem na mulher, bem como acrescentado a demais em que estas não põe no homem, seja na arte ou demais meios de comunicação ou expressão artística, tudo para fazer da mulher o ser superior o qual é uma hipocrisia e anti-igualdade, ou anti-naturalista e também psicótica e injusta porque ambos podem serem iguais apenas por terem vantagens e desvantagens proporcionais e não características totalmente iguais, existe de facto inveja e luta contra o determinismo sexual e hipocrisia em querem e formarem contra certas coisas que defendem como a violência mas ao contrario estimularem a violência feita por mulheres, por homens a homens, bem como as medidas anti-pedagógicas e destrutivas que podem ser consequentes de uma ma relação entre certa parte de mulheres e certos homens num caso geral, por exemplo não querem e promoverem e ajudarem as alternativas de tratamento ou dissipação de pressões psíquicas que não seja o alcoolismo, em não ajudarem e apoiarem homens alcoólicos no tratamento e defesa dos seus direitos, bem como demais, agindo incoerentemente e hipocritamente, sendo de factos sádicas e hipócritas e muito piores ate que o diabo ou os homens que difamam, que bebem muitas vezes devido a ausência de auto-estima devido a conceitos sexistas sexuais de estética e de saúde e bem-estar a que são discriminados, devido a sua profissão ser dura e não intelectual ou que de uma certa auto-estima, devido a violência psíquica e fisica destas o qual a maioria pouca resistência psíquica tem e usa o álcool como medicamento, mas o qual acaba por o destruir e destruir terceiros inocentes, sendo este no final o mais prejudicado…
O próprio uso de narcóticos também ajuda a que tenha pouca resistência psicológica e que aja comportamentos agressivos, principalmente quando sãos sujeitos a agressão ou provocação, sendo as mulheres que provocam e desencadeiam tempestades num copo de agua e importunamente, alem de desnecessariamente, podendo ate ser devido a razoes de satisfação sexual e estética que estas agem agressivamente por não obrigarem contra a liberdade de decisão e de dono de seu corpo bem como de direitos do sexo masculino em estes fazerem o que quiserem ou em terem relações sexuais na forma que não querem ou na frequência e tempo que não querem ou não podem devido a razoes de carácter físico, nutricional, cultural, de saúde psíquica e física, sendo também estes os mais discriminados nos cuidados de saúde, sejam sexuais, preventivos, e outros cuidados como estéticos e de bem-estar e relaxamento, cosméticos, vestuários, comportamentais e de etiqueta, e psicológicos, didácticos -pedagógicos e laborais seja para exercer qualquer cargo ou estudo de qualquer função feminina ou maioritariamente com mulheres, seja a liberdade de se opor em exercer funções duras, sujas e com mau convívio ou convívio popular e pouco intelectualizado seja na construção civil ou demais, seja nos requisitos de admissão em cargos e profissões em que as mulheres tem uma maior tolerância em testes físicos e demais, principalmente em funções correlacionadas com sectores de estado dependestes ou independentes.
As próprias mulheres agentes de polícia discriminam e agridem os homens, bem como negligenciam os homens vítimas de crimes ou queixosos, também conspiram com criminosas as estratégias de ilibação ou descriminalização seja imparcial ou total, um dos casos especiais será as mulheres agentes especializadas em assuntos feministas ou entendidos por estímulo do feminismo como tal, tentando e indo contra os direitos dos homens e igualdade sexual de oportunidades e de deveres e direitos, tratamento, atendimento, liberdades e garantias.
Isto sem por de parte advogadas e magistrados que também agem de tal forma e sem por de parte todos os homens que concordam com o feminismo ou que se sujeitam e não analisam tal na realidade, devendo estes serem vitimas de crimes violentos cometidos por mulheres, bem como de demais discriminações e acções anti-igualdade a que são passivos ou conformistas, muitas vezes devido a pressões de coação do mulheres feministas que os coagem de defenderem seus direitos sob varias maneiras licitas ou ilícitas, directas ou indirectas…

Na realidade quem diz que as mulheres não agem a violência mente descaradamente, só que por vezes a violência fisica é proporcional a violência psicológica e pode não ser de grande agressividade, mas dependendo da personalidade e do físico destas, bem como de seu temperamento psíquico, assim como nos homens também relativamente.
Sendo estas que em momentos de histeria agem a violência ate pior que os homens em muitos casos…

As mulheres hipócritas e subestimadoras dos homens, que desprezam dizendo que nenhum homem merece ser alvo de sentimentos, ou que os sentimentos não devem ser por causa dos homens, digo e escrevo também o mesmo realçando que também nenhum homem se deve sentir perturbado ou ter sentimentos por causa de mulheres, visto mulheres feministas e de determinados carácter e atitudes não merecerem, apenas os sentimentos devem se ter a quem tem por nos…

As mulheres num caso geral, são as que mais traem os maridos, se tal for feito em condições homologas aos que são feitas aos homens para as trair ainda são piores, mas num caso geral é assim, só que muitas tentam juntar o útil ao agradável de modo a defender outros interesses nomeadamente materialistas e sexuais, num caso geral aquelas que se demonstram arrependidas são muitas vezes indecisas, assim como os homens em alguns caso, a traição por adultério tem e existe razoes de existir e as RAZOES SÃO SEMPRE OU PRATICAMENTE IDÊNTICAS A DOS HOMENS só QUE É FEITO E JUSTIFICADO POR ESTAS DE MODO CONSPIRADO E HIPÓCRITA…
joana
</a>
(mailto:juanweb@mail.pt)


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.