Quarta-feira, 21 de Setembro de 2005

Análise da satisfação dos clientes

barometro2.bmp


Como quase em tudo na vida, os relacionamentos entre os mortais no seu dia a dia são superficiais, aparentes, meramente relações profissionais ou de ocasião. Focarei então a prosa nessa “transacção” de boas práticas. Ou seja, deixemos de lado as relações afectuosas, de amizade, de amor, enfim, aquelas coisa sérias e que condicionam estruturalmente a personalidade e a vida.

Os nossos clientes (os outros) estão constantemente a avaliar o nosso desempenho e eficácia. Por outro lado, nós, fazemos o mesmo em relação a eles. Tudo isto não passa dum jogo de cortesias e sorrisos amarelos. Uma representação pura e dura. A questão é saber quem é o melhor actor/actriz. Aquele que utilizar da melhor forma as técnicas de representação será, sem dúvida, bem sucedido na espiral social.
É uma espécie de troca comercial cliente/fornecedor e vice versa, em que constantemente a satisfação de uns e outros está em constante avaliação, transposta num qualquer gráfico comparativo.

Basicamente resume-se à aplicação do famoso dito; “you scratch my back and I scratch yours”.


Causae aestimatio saepe morbum solvit
(O conhecimento da causa frequentemente elimina a moléstia)


Um bem haja para todos vós,
publicado por Zeus às 12:10
link | comentar | favorito
23 comentários:
De anonima a 3 de Junho de 2007 às 11:03
Palavras para quê??? é simplesmente... um misógeno português.


De Ronaldo Santos a 23 de Dezembro de 2010 às 17:53
Isso mostra a sua estupidez, incapaz de contra-argumentar. Em vez de demonstrar que está errado apenas o acusa de ser misógino(santa ortografia) apenas provando que sendo uma fêmea, tu desprezas o homem e lhe nega seus direitos pois não reconhece a verdade em suas palavras ao defender o lado dos homens que não só sofrem agressões "comuns" e até são mortos por suas mulheres mas como tem seus orgãos sexuais mutilados esses monstros(como você) nunca serão punidas adequadamente. Muitas vezes nem são presas a exemplo da famosa Lorena Bobbit. O que nos dá a impressão que a mulher tem o direito de cortar o penis do marido como muitas já tem dito na internet. Culpa do feminismo ou do feminino? Já não me resta dúvidas, vocês são monstros freudianamente explicados. Dúvido você se manifestar contra isso e ao contrário de ti não sou anônimo.


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


.posts recentes

. Emoções

. Melhor Mãe do Mundo

. Cavatina

. Espelho

. Devotos

. Mas...

. Renascer

. Regras do Jogo

. Os nossos pensamentos

. Caminhos

.arquivos

. Outubro 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds