18 comentários:
De Anónimo a 20 de Junho de 2004 às 12:17
Para nós, as crianças que nunca passaram fome, não só é triste saber. É saber que ainda há.
Triste. Muito triste. Thita
(http://abcdosmiudos.blogspot.com/)
(mailto:thita@iol.pt)


De Anónimo a 18 de Junho de 2004 às 05:15
Afortunados são aqueles que nunca passaram fome.Pior que passar fome acho que só mesmo ver um filho passar por ela.Beijinhos ZeusLara
(http://musicaportuguesa.blogs.sapo.pt)
(mailto:beduda@hotmail.com)


De Anónimo a 18 de Junho de 2004 às 04:16
interessante o texto. Uma triste realidade nas pequenas e grandes cidades. Beijos:DIntensiva
(http://contosefantasias.blogs.sapo.pt/)
(mailto:inttensiva@sapo.pt)


De Anónimo a 18 de Junho de 2004 às 01:42
tens 1 blog mt fx continua!! ;) passa por http://dnp.blogs.sapo.pt_GreenLight_
(http://www.dnp.blogs.sapo.pt)
(mailto:tri@sapo.pt)


De Anónimo a 18 de Junho de 2004 às 01:39

Boa noite Zeus. Vim ainda agradecer-te a publicação do meu texto, que fez esta dúzia de pessoas reflectir sobre o assunto... Passamos, não vemos, ignoramos. Obrigada a todos que tiveram a paciência de ler a história até ao fim. Analfabeto, infelizmente para ti e para todos nós, a história passou-se na TUA grande cidade e não nos meus subúrbios.

Beijinho de boa noite a todos

Sara
(http://oblogdalibelua.blogs.sapo.pt)
(mailto:deSaracomAmor@sapo.pt)


De Anónimo a 18 de Junho de 2004 às 01:00
É...
Nem tudo é poesia, alegrias, flores. Precisamos nos movimentar muito mais, cada um fazendo sua parte, abrindo suas mãos, seus dedos.
A música, embora antiga, é simplesmente maravilhosa.Simone
(http://www.letrasetempestades.zip.net)
(mailto:)


De Anónimo a 17 de Junho de 2004 às 22:07
ai homem... continuo preocupada com as tuas sobrancelhas... mais o teu penteado !!!! tens de ir ao barbeiro !!!! e agora falas de fome... como te entendo, meu querido... tive de recorrer à rata... ai......... aparece.beijinhos da daliaDalia
(http://nelydalia.blogs.sapo.pt)
(mailto:nelydalia@mail.pt)


De Anónimo a 17 de Junho de 2004 às 22:01
A fome é um dos grandes problemas desde sempre... seria suposto ir diminuindo ao longo dos tempos mas não, acho que na actualidade a fome tem crescido enormemente e não apenas nos países pouco desenvolvidos, cada vez mais estão a surgir apenas duas classes, o pobre e o rico... a classe media ou os "remediados" estão cada vez mais a desaparecer... com esse desaparecimento surge cada vez mais fome e desgraça. =| *piolha digital
(http://www.piolhadigital.blogs.sapo.pt)
(mailto:tanuska_santos@yahoo.com.br)


De Anónimo a 17 de Junho de 2004 às 21:43
Adorei este post, é pena que seja real... deixa-me muito, mas mesmo muito triste!!!! Diana!
(http://www.nadaaoacaso.blogspot.com)
(mailto:diana_bnova@hotmail.com)


De Anónimo a 17 de Junho de 2004 às 18:28
Gostei, uma boa descrição dos suburbios... Graças a Zeus eu vivo em plena (quase) cidade de Lisboa.analfabeto
(http://analfabetosexual.blogs.sapo.pt)
(mailto:pp@sapo.pt)


Comentar post