23 comentários:
De Anónimo a 18 de Junho de 2004 às 20:58
Escreves de carassas!
Adoro ler-te.Ó grande deusRolissa
</a>
(mailto:Rolissa@sapo.pt)


De Anónimo a 1 de Junho de 2004 às 23:42
Com a temperatura que tens no Olimpo,e tendo sido substituido por outro que te tirou a maior parte do trabalho, serás sempre o deus supremo, aquele que muita gente gostaria de ser. Um abraçoamita
(http://brancoepreto.blogs.sapo.pt)
(mailto:amitaf324@hotmail.com)


De Anónimo a 1 de Junho de 2004 às 05:33
lá está o Senhor a ter razão outra vez...!
concordo plenamente!
http://wordistramoco.blogs.sapo.ptTó Boinas
</a>
(mailto:gothtikdraven@sapo.pt)


De Anónimo a 1 de Junho de 2004 às 05:24
É Zeus, Felizmente ou infelizmente, não sei bem, mas a única certeza que temos nesta vida é que somos mortais. Portanto vamos viver da melhor forma possível. Beijos da IntensivaINTENSIVA
(http://contosefantasias.blogs.sapo.pt/)
(mailto:inttensiva@sapo.pt)


De Anónimo a 1 de Junho de 2004 às 03:00
Quem trabalha com saúde sabe que a vida está por um fio, não sabemos exatamente o que a sustenta ou extingue. Viver é realmente uma dádiva. Belo post, caro Zeus.Nazir Zaied
(http://nazirzaied.blogs.sapo.pt)
(mailto:nazir_zaied@yahoo.com.br)


De Anónimo a 1 de Junho de 2004 às 00:06
E que bom é estarmos vivos!Cá por mim, faço o que posso para nunca me esquecer dessas coisas positivas!BeijosMWoman
(http://devaneio.blogs.sapo.pt/)
(mailto:siilvam@hotmail.com)


De Anónimo a 31 de Maio de 2004 às 20:40
Não fosses tu Zeus...Afrodite
(http://equilibrioinstavel.blogspot.com)
(mailto:ola1970@sapo.pt)


De Anónimo a 31 de Maio de 2004 às 19:34
Belissímo texto e uma grande liçao de vida para quem nao a sabe aproveitar...
Ha que aproveitar todos os momentos...
Os bons e os menos bons, todos eles fazem parte do nosso caminho e com eles aprendemos bastante...Umas vezes caímos mas voltamo-nos a erguer e damos mais uns passos traçando o nosso destino...
E como é bom viver!
Beijo enorme*meialua
(http://meialua.blogs.sapo.pt)
(mailto:luamagica@hotmail.com)


De Anónimo a 31 de Maio de 2004 às 19:17

Xiiiiiiiii, já levei na cabeça. Zeus não nos quer ver tristinhos!!! Ok, eu prometo amanhecer com um positivismo de ferro, ou os raios de Vulcano ainda me caem em cima. Ó Zeus, agora também te digo eu: deixa-te de coisas, que mesmo apreciando a vida e dando-lhe supremo valor, todos nós temos momentos em que vemos tudo assim um bocadinho menos azul... E não significa que adoptemos como filosfia de vida a contricção, a depressão, a procura incessante do que não temos...
(embora haja quem o faça, claro, e parece ser mesmo esse "le mal du siècle"...)

HajaZeus!!!!!!!!!

Beijinho mortal

deSaraComAmor
(http://oblogdalibelua.blogs.sapo.pt)
(mailto:deSaracomAmor@sapo.pt)


De Anónimo a 31 de Maio de 2004 às 18:46
tenho de te mostrar o meu amargo:)

"passei a olhar mais para mim, coisa que muitos mortais deveriam fazer."
era bom não era?é triste ver o vazio das pessoas, tentam preenche-lo com a vida das outras pessoas e depois para não se sentirem mal, desfocam a realidade em seu favor. Muito triste, muito comum.
Acabei de falar de religião na pecola, em ti acredito Zeus. A religião vejo-a como uma necessidade humana para explicar o desconhecido,por mim desde que andem todos felizes e não incomodem ninguem tudo bem. Acreditem no que quiserem, agora utilizá-la para outros fins, extremismos, hipocrisias,...agora sou eu que digo Deixem-se de merdas.
ccc
(http://www.sofrega.blogspot.com)
(mailto:sofrega@sapo.pt)


Comentar post