14 comentários:
De Anónimo a 25 de Maio de 2004 às 09:46
Para a Sara: Dispõe à vontade do Olimpo cara Sara. Ele está ao dispor dos mortais. Zeus
(http://blogdezeus.blogs.sapo.pt/)
(mailto:z_olimpo@sapo.pt)


De Anónimo a 24 de Maio de 2004 às 22:32

ó Zeus, queria agradecer-te este simpático empréstimo do Olimpo para partir a loiça toda... Foi um prazer. Adorei o latinório, (inda bem que não é grego...) e gostei das imagens, mas mais que tudo, mais que tudo, parti-me a rir com o título do post... Bem hajas e que Zeus te eternize como tal...

Beijinho de boa noite

Sara
(http://oblogdalibelua.blogs.sapo.pt)
(mailto:deSaracomAmor@sapo.pt)


De Anónimo a 24 de Maio de 2004 às 22:14
eu k o diga....o k passo nas paragens da camioneta!!***telma_doors
(http://jimmorrisongod.blogs.sapo.pt)
(mailto:telma_benfica@sapo.pt)


De Anónimo a 24 de Maio de 2004 às 22:13
Um texto muito bem escrito e apresentado. Também conheco a escrita da Sara, mas num outro estilo.
Infelizmente o vandalismo está cada vez mais presente nos nossos dias, seja nas escolas, seja no virar da esquina da sociedade em que vivemos.
Quanto ao aspecto dos grafittis, também concordo que nem todos sejam rotulados "Destruição", pois muitos deles conseguem ser uma Arte.
Uma arte muito bem representada da realidade nua e crua.
E depois de tanto vandalismo :P
nada como a Dulce a embalar-nos na Canção do Mar..
Um beijo enorme*meialua
(http://meialua.blogs.spao.pt)
(mailto:luamagica@hotmail.com)


De Anónimo a 24 de Maio de 2004 às 21:12
Fai moi pouquinho vin a Dulce Pontes en concerto na minha cidade. Gosto moitísimo da cantante e da persoa :-)Davidkb
(http://davidkb.blogspot.com)
(mailto:)


De Anónimo a 24 de Maio de 2004 às 16:34
Vieste mesmo ao encontro do meu desejo de hoje...Robina
(http://bosquedarobina.blogspot.com/)
(mailto:hotlulu@iol.pt)


De Anónimo a 24 de Maio de 2004 às 14:54
Que texto! esta muito bem escrito e tem um tema muito interessante. qto á musica... "fui bailar, no meu batel, alem do mar, cruel e..." gosto mtoMagnolia
(http://www.torraodeacucar.blogs.sapo.pt)
(mailto:ISARI1@sapo.pt)


De Anónimo a 24 de Maio de 2004 às 14:48
O ser humano tem uma mente geneticamente, pervertida e vandala... apenas a moral criada, pela sociedade a acorrenta. O homem é o lobo do Homem. LOCK.analfabeto
(http://analfabetosexual.blogs.sapo.pt)
(mailto:pp@sapo.pt)


De Anónimo a 24 de Maio de 2004 às 14:34
Olá amigo Zeus.Ainda ontem comentei com um amigo meu questoes relacionadas com o vandalismo especialmente nos mais jovens.O texto está muito criativo, tentarei dar um saltinho ao blog da autora mais logo.Agora deixo um beijo para ti e um até logoLara
(http://musicaportuguesa.blogs.sapo.pt)
(mailto:beduda@hotmail.com)


De Anónimo a 24 de Maio de 2004 às 13:36

Olá Janette. Fui ao teu blog e gostei imenso. Achei piada à tua idade e ao facto de te interessares sobre este assunto. De facto, o artigo foi escrito para os alunos de uma escola e são eles mesmos os protagonistas. Como tu leram e perceberam. E não, quem faz graffiti não é mau. Eu também gosto de graffiti, e nem acho que o graffiti deva ser sempre entendido como destruição. Há-os muito belos. Mas o texto fala sobretudo das razões que levam as pessoas, os jovens, a destruir o que está feito. Talvez logo publique em tua intenção um conto meu sobre um rapaz que fazia desenhos nas paredes...

Beijinho

Sara
(http://oblogdalibelua.blogs.sapo.pt)
(mailto:deSaracomAmor@sapo.pt)


Comentar post