16 comentários:
De Anónimo a 18 de Setembro de 2005 às 19:09
Mas será que temos mesmo de nos conformar? Será que passamos uma vida inteira a pensar no que poderíamos fazer? Temos de investir na nossa vida, por isso mesmo que "ela" é. É nossa e acaba-se um dia. Por isso aproveitemos enquanto cá estamos. E mais não digo...Jorge Ai
(http://jorgedomingues.blogspot.com)
(mailto:jorge.ai@clix.pt)


De Anónimo a 16 de Setembro de 2005 às 11:14
Este post está "muito giro e tal..."... Bom fim de semana! :-)Carlos Tavares
(http://o-microbio.blogspot.com)
(mailto:carlos.roquegest@mail.telepac.pt)


De Anónimo a 16 de Setembro de 2005 às 00:13
Ao fim de oito anos de rotina... demiti-me!A Montellano
(http://chezmontellano.blogspot.com)
(mailto:s_montellano@hotmail.com)


De Anónimo a 15 de Setembro de 2005 às 19:11
ZEUS ATÉ O AMOR QUE É O MAIOR E MELHOR SENTIMENTO DO MUNDO TEM CONTRA INDICAÇÕES..................................ZEUS para um Deus estás muito péssimista.
Nem tudo é assim tão mau alguns ainda conseguem sentir realização pessoal no que fazem...concordo que na maioria se sentem perdidos nesse mundo que é a insatisfação... mas tb temos de admitir que muitos é por falta de objectivos pessoais.
Quando escolhemos o nosso caminho como profissionais competentes sabemos que nem tudo vão ser rosas...e que em certos momentos
nos vamos sentir cansados mas para compensar teremos outras em que nos sentiremos uteis e orgulhosos do que fazemos ...olha so o caso de alguns bombeiros , imaginas a sensação que devem ter quando conseguem travar o medonho fogo salvando centenas de vidas e bens; e o caso de médicos e enfermeiros? é lógico que existirão muitos dias em que se devem sentir desesperados e cansados do caminho escolhido...mas não achas que a compensação de salvar uma vida e ver a gratidão nos olhos de um doente e das familias compensa esses momentos?
Acho que todos nós temos os momentos altos e baixos na vida , e quer sejamos médicos professores varredores camionistas etc..etc.. teremos sempre aqueles instantes em que desejariamos fugir ... mas depois existem os momentos que ultrapassam tudo o que de mau nos passa pela mente. Sabes quando estou cansada de ensinar que é o que faço visto que sou educadora de infancia....lembro-me sempre das sábias palavras da madre Teresa de Calcutá:.............
A vida é uma oportunidade, aproveite-a...........
A vida é beleza, admire-a........................
A vida é felicidade, deguste-a...................
A vida é um sonho, torne-o realidade.............
A vida é um desafio, enfrente-o..................
A vida é um dever, cumpra-o......................
A vida é um jogo, jogue-o........................
A vida é preciosa, cuide dela....................
A vida é uma riqueza, conserve-a.................
A vida é amor, goze-o............................
A vida é um mistério, descubra-o.................
A vida é promessa, cumpra-a......................
A vida é tristeza, supere-a......................
A vida é um hino, cante-o........................
A vida é uma luta, aceite-a......................
A vida é aventura, arrisque-a....................
A vida é alegria, mereça-a.......................
A vida é vida, defenda-a.........................ana luar
(http://aromademulher.blogs.sapo.pt/)
(mailto:luar_zita@msn.com)


De Anónimo a 15 de Setembro de 2005 às 16:57
Bem aja, Zeus.
E antes de mais, parabéns pelo teu excelente blog.
Bom, quanto à questão da rotina, a nossa vidinha pelos vales do Olimpo, é caso para se dizer: há rotinas e rotinas. Se me perguntarem, por exemplo, se preferiria a rotina de um piloto de aviação comercial (creio que a foto até veio a propósito)que ao fim da sua vida fez um milhão de quilómetros, ou a rotina de um carpinteiro que ao fim da sua vida pregou um milhão de pregos... qual escolherias poderoso Zeus?
Então, a rotina não tem nada a ver com aquilo que se faz?
Lembro-me assim de repente de um homem que deixou de beber por estar cansado de beber sempre na mesma fonte, e morreu à sede. Mas há mais fontes!, ó poderoso Zeus.esta verdade
</a>
(mailto:estaverdade@sapo.pt)


De Anónimo a 15 de Setembro de 2005 às 12:14
Por coincidência ou não, falaste de 4 profissões que são essenciais ha sociedade. Transportes, segurança, saude e justiça! Isso é campanha para as eleições? Um abraço Zeus do OlimpoTino
(http://www.tino.com)
(mailto:)


De Anónimo a 15 de Setembro de 2005 às 11:05
Zeus o teu post é muito giro e tal mas peca por defeito. todas as profissoes/ actividades perdem a graça e tornam-se monotonas. acho que sim. deve haver mudanças now and than. Ah! o Zeus é muito ansioso. deve aguardar que o video la no meu cantinho carregue. trintapermanente
(http://www.malmenos.blogspot.com)
(mailto:ola1970@sapo.pt)


De Anónimo a 15 de Setembro de 2005 às 10:56
penso k não acontece com toda a gente, mas as pressões excessivas acabam gerando esses desconfortos/desfasamentos. Bjs e ;)TMara
(http://estranhosdias.blogspot.com/)
(mailto:Tostimara@gmail.com)


De Anónimo a 15 de Setembro de 2005 às 10:52
Oi
Gostei mt do blog:) e sim concordo...eu por exemplo não estou no curso k keria em primeira opção, estou feliz por estar nakele curso k foi sempre a minha segunda a opção, mas uma pessoa fika sempre a pensar:" eu era mais feliz se tivesse entrado nakele k eu realmente keria". seja como for, eu tou feliz e espero um dia sentir-me realizada!
*Ana* http://osoldosmeussonhos.blogs.sapo.ptAna(Blackrosen)
(http://osoldosmeussonhos.blogs.sapo.pt)
(mailto:anabelag_2@hotmail.com)


De Anónimo a 15 de Setembro de 2005 às 10:40
(Vou ser má...ou talvez não)
Mas quando qualquer dos humanos que pratique qualquer das belissimas profissões que mencionaste se fartar, temos sempre muita mata para limpar e terra para cavar... :DBorboletaAssanhada
</a>
(mailto:borboleta_assanhada@sapo.pt)


Comentar post